domingo, 28 de outubro de 2012

SEMPRE BEM !


Levantei bem cedo e logo fui tomar um banho bem gostoso para refrescar todo o calor que faz nesta primavera e nesta cidade tão quente que é Ribeirão Preto.  Um sabonete bem cheiroso e refrescante, claro,... só poderia mesmo usar algo de melhor qualidade para sentir-me bem e ir apresentar-me bem disposto naquela salinha acanhada e muito quente onde estava a Urna de Votação para cumprir com o dever de cidadão.
.
Lembrei-me de algumas pessoas muito importantes em minha vida:
.
Minha mãe estava com 86 anos de idade quando foi cumprir seu dever de votar. Naquele dia eu tentei dissuadi-la daquele compromisso, pois o calor estava intenso e poderia prejudicá-la já que ela queria ir até o local “caminhando a pé”, negando-se a ir de carro com a justificativa que precisava fazer exercícios sempre para estar sempre bem !
.
Não gostei muito de acompanhá-la daquela maneira, pois ela era muito vagarosa e isso me deixava muito cansado e inquieto (sem paciência). Mas,... lá fomos nós ... e naquele local as pessoas não paravam de elogiá-la pela disposição e pela demonstração de cidadania que sempre a distinguiu em todas as suas atitudes como professora, como mulher, amiga, conselheira e pessoa respeitável que sempre foi.
.
Restou-me, portanto, admirar o valor daquela mulher e envaidecer-me por ser seu filho. Ela sempre dizia:
.
- “ Não espere e não cobre por exemplos alheios, mas aja e seja  sempre como espelho refletindo apenas o respeito,  boas ações e bom comportamento, pois somente assim  será um homem  digno e alcançará  a sua felicidade ! A grande mudança  que as pessoas desejam ver, deve começar no próprio interior de cada um, ... dando bons exemplos ! ”
.
Balancei a cabeça e já estava entrando naquela salinha apertada, quente, acanhada ... e lá estavam várias pessoas trabalhando em pleno domingo, desde bem cedo até bem tarde,... Receberam-me com sorrisos, cumprimentando-me com alegria... Emocionei-me vendo, como dizia mamãe, pessoas que eu não conhecia demonstrando bons exemplos com alegria, respeito, bom humor, disposição...
.
- Bom dia, Sr. Abreu. O Senhor é sempre um dos primeiros...
- Sim, acho que devemos cumprir nossas obrigações em primeiro lugar... Mas aqui está tão quente, como vocês estão aguentando ... Vocês estão bem ?
- Sempre bem,... Sempre bem,... faça chuva ou faça sol ! Sempre bem ! (respondeu-me a mocinha, enquanto os demais sorriam espontaneamente).
.
.
Fiquei  pensando... Um domingo lindo como o de hoje, muito sol, típico  para um  passeio, um lazer no  clube, uma festinha em família - o tradicional  churrasco, ... música alegre,... alegria,...alegria,... e aquelas pessoas ali, alegres, felizes, voluntariamente cumprimento o dever cívico e, acima de tudo, esboçando um sorriso de boas-vindas contagiante às pessoas que ali chegavam, essas nem sempre com a mesma vibração de bem estar, disposição, alegria... mas aqueles com o sentimento solidário e de bem querer à Cidade, à Pátria, ao simples fato do bem querer mesmo com a cansativa jornada do "entrar muito mais cedo e chegar, não importando a hora, quando o trabalho terminar. Muito bonito, um  exemplo que emociona e que só nos faz bem ! Não sei os seus nomes,... mas gostaria de homenageá-los !

Lembrei-me da máxima : " Fazer o bem, sem se importar a quem ! "


SEMPRE BEM ! SEMPRE BEM !



.
Aquela frase levou-me imediatamente para bem longe no tempo, trazendo-me a lembrança tão agradável de uma Senhorinha, mais idosa que minha mãe, que era a mantenedora de uma Instituição onde cuidava, como seus próprios filhos, de cerca de 250 crianças e também uns 20 velhinhos !
.
A Instituição, conhecida como LAR DA MAMÃE CLORY, iniciou-se em 1968 em Andradina quando Mamãe Clory recebeu um pedido de um senhor, pedreiro, para que ela cuidasse de seu sobrinho Robertinho de apenas um ano de idade, pois sua mãe havia falecido e o pai não tinha recursos e nem tempo disponível para cuidar do menino já que era um mecânico e deixava o menino “amarrado” ao pé da mesa desde o momento que saía para o trabalho até o momento que voltava... Triste,... muito triste,...
.
Mamãe Clory imediatamente acolheu Robertinho e tratou dele durante toda vida, dando não só alimento, moradia, escola,... mas principalmente muito amor. Robertinho só começou a falar com oito anos de idade,... Hoje é casado, tem filhos é um trabalhador, honesto e digno de exemplos.
.
Quando souberam naquela cidade que aquela senhora havia abrigado o menino, começaram a levar, ou deixar na porta, outras crianças em situações extremamente delicadas... E assim,... Já nos anos 70 Mamãe Clory mantinha 250 crianças, com toda sorte de situações de origem, do estado de saúde física e mental...
.
- Mamãe Clory, a senhora está bem ?
- Sempre bem,...  Meu filhinho,... Sempre bem ! Com a graça de Deus... SEMPRE BEM !
.
Quando a conheci, em 1969, ela já se tratava de problemas cardíacos mas, mesmo assim, a sua disposição para atender todos os seus “filhinhos”, como carinhosamente os chamava, estava sempre acima de qualquer problema que ela dizia que  “apenas o bom pensamento, a boa  vontade, a fé e o amor ao  próximo” eram mais que suficientes para que sua saúde estivesse “ Sempre  Bem ! “
.
Mamãe Clory era filha de fazendeiros do Rio Grande do Sul e do Mato Grosso e dispôs todos os seus recursos materiais para o bem-estar de tantas crianças que durante todos os anos, desde 1968 até 2011 passaram ou ainda permanecem na Instituição – Associação Cristã Verdade e Luz sediada em São Bernardo do Campo.
.
Apesar de acometida de um câncer que durante anos tentava diminuir suas forças,... Foi o coração que a levou para a “outra vida” enquanto ela serena e com sorriso dizia a todos que a acompanhavam: “ Meus filhinhos,... sempre bem,... sempre bem,... com a Graça  de  Deus !”
.
Em 1969, trabalhando na Volkswagen do Brasil, comecei a estudar o idioma alemão. O professor era um Senhorzinho muito simpático, com um sotaque alemão bem engraçado, sempre sorrindo e sempre gentil...
.
VON AMMON, como o chamávamos, era Engenheiro, mas, acredito que devido à idade, dedicava-se apenas a lecionar o idioma alemão. Eu gostava muito de conversar com ele, pois ele sempre contava histórias muito interessantes sobre a Alemanha do período de guerra e das situações das pessoas... Ele era muito solidário e, pareceu-me, sofreu muito durante aquele período, pois acreditava que o mundo precisava de amor e paz e não de demonstrações de diferenças que levavam ao ódio...
.
Ele dizia que era Parapsicólogo e que praticava exercícios mentais de tal forma que conseguia controlar emoções, ansiedades,... situações que não levavam ao bem estar... Interessei-me em saber mais sobre “essas coisas” dizendo a ele que eu sofria de “enxaqueca” e que não conseguia ficar sem um remédio que mais mal fazia (efeitos colaterais), pois eu ficava apavorado quando começa a ter os sintomas de uma nova enxaqueca...
.
Von Ammon acalmava-me dizendo que a “força do pensamento” era um remédio que resolveria qualquer mal fosse físico, mental, ou comportamental e que um dia, assim que tivesse tempo disponível, iria ensinar algumas coisas (técnicas) de como praticar essa força e dominar qualquer problema...
.
Ele era cardíaco e eu presenciei várias vezes quando ele estava tendo um ataque e não estava com a medicação... Ele parava, colocava a mão sobre a testa, meditava,... meditava,... e de repente olhava para nós, alunos, e esboçava um grande sorriso convidando-nos a continuar a aula de alemão !
.
- Von Ammon, o Senhor está bem ?
- Sim, meu filho ! Estou bem ! Graças a Deus,... estou bem !
.
O coração de Von Ammon parecia não gostar de ser vencido todas as vezes que tentava abater o “bom velhinho”... E foi vencido definitivamente, pois certo dia ele esperava o elevador no terceiro andar do prédio, na própria Volkswagen,... talvez estivesse enguiçado ou talvez pessoas estivessem segurando aquele elevador... Von Ammon estava com pressa e resolveu descer a pé aqueles andares,... Ele escorregou e rolou degraus abaixo batendo fortemente com a cabeça ferindo-se fatalmente.
.
Enquanto pessoas corriam para socorrê-lo, ele ainda olhou a sua volta, talvez nem conseguindo ver as pessoas adequadamente... E despediu-se desta vida com um sorriso sereno como se fosse o merecido sono do descanso eterno !
.
SEMPRE BEM,... SEMPRE BEM... !
.
.
- Mas aqui está tão quente, como vocês estão aguentando ... Vocês estão bem ?
- Sempre bem,... faça chuva ou faça sol ! Sempre bem ! (respondeu-me a mocinha, enquanto os demais sorriam espontaneamente)
.
.
... “ Eles acreditavam em Anjos e,... porque acreditavam,... Eles existiam !”  (Clarisse Lispector)
 .


.
Raul Neves Abreu
28 / 20 / 2012

sábado, 13 de outubro de 2012

EU SEI QE VOU TE AMAR...


Como demonstrar o amor, com palavras, se todas elas já foram ditas pelos maiores pensadores ?

Eu sei que vou te amar sempre !  Mas, já disseram isso antes e há até registro de Direitos Autorais... Ah,... Tom Jobim, Vinicius de Moraes, ... !

“ Eu sei que vou te amar, ... Por toda minha vida vou te amar,... Em cada despedida eu vou te amar,... Desesperadamente, eu sei que vou te amar,... E cada verso meu será,... Pra te dizer que eu sei que vou te amar,... Por toda minha vida,... Eu sei que vou chorar,... A cada ausência tua eu vou chorar,... Mas cada volta tua há de apagar,... O que esta ausência tua me causou,... Eu sei que vou sofrer a eterna desventura de viver,... A espera de viver ao lado teu,... Por toda minha vida !.”  (Tom Jobim)

Fico na dúvida quando falamos: “vamos fazer amor ?”. Será que é isso, o amor é fazer amor ? ... “ Amor é prosa,... sexo é poesia ! “ (Arnaldo Jabor).

Sabia que LEONARDO DA VINCI também se referiu ao amor ? “ As mais lindas palavras de amor são ditas no silêncio de um olhar !

E então o grande escritor Wiliam Shakespeare, quando dizia:  “ O amor não se vê, mas sim com o coração !

Mas, pra falar a verdade,... apesar de que para demonstrar meu amor eu vou procurar bem lá longe o que já pensaram e expressaram sobre o amor, o amor mais gostoso é aquele com o tempero brasileiro:  “Se o amor é fantasia, eu me encontro em pleno carnaval ! ”... (Vinicius de Moraes).

Há quem goste de Fernando Pessoa,... mas achei confuso demais. Entretanto, pra não ser criticado pelos portugueses e admiradores do dito Gajo, vamos lá: “ Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo se o que quero dizer-te é que te amo ?

Gosto mesmo é de Camões que a pedido de Renato Russo, aquele compositor e cantor brasileiro, escreveu os seguintes versos: “  O amor é fogo que arde sem se ver,... É ferida que dói e não se sente,... É um contentamento descontente; ... É dor que desatina sem doer... !

Sabe,...? Não sei por que nos amamos tanto; parece que, como dizia Bob Marley, nós somos mesmo dois idiotas, pois a palavra AMOR é tão simples, tem só quatro letras sendo duas vogais, duas consoantes,... unindo só nós dois, faça chuva ou faça sol.

Quero confessar que, como todos, também passei por tudo que já escreveram: senti calor e senti frio, medo e solidão, alegria e decepção, prazer e emoção, saudade e desespero, ... tantas coisas,... mas não consigo ficar sem te amar mesmo quando estou sonhando dormindo ou acordado. Eu sei que te amar e também ser amado é como ver o dia nascendo com um lindo brilho de sol em uma manhã tão calma e feliz e que o tempo para só para brindar o que há de tão bonito e delicioso que é o amor.

Então dá uma vontade enorme de abrir os braços, como um tolo, e sair por aí sorrindo à toa, às gargalhadas e dizer para todos ouvirem: “ eu amo,... eu amo,... eu amo ! “

Não sei bem dizer o que é o amor, apesar de ter lido tantas coisas que, pra falar a verdade, nada diz tão certo como certo é o sentimento que m’invade quando estou com você: NOSSO AMOR É DIVINO !

Gostaria de ser um grande poeta, ... daqueles que escrevem coisas lindas e que só os grandes intelectuais sabem escrever porque eles devem ser “pessoas iluminadas” e só eles “sentem e sabem” o que dizer,... mas,... sei da pequenez e por isso só posso dizer aquela coisa confusa, mas que é o que sinto:

... “ Que queres que te diga, além de que te amo se o que quero dizer-te é que te amo,... mesmo que te escondas sempre e só encontre prazer na fumaça do teu cigarro ?  

Só sei que posso dizer que, apesar de qualquer coisa, ... “Eu sei que vou te amar, por toda minha vida eu vou te amar ! “.

-    o    -

Roberto Carlos    -   " Eu sei que vou te amar "

Raul de Abreu
13 / 10 / 2012