quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Naquele tempo...























Crédito da foto:  Autor desconhecido

Éramos muito amigos desde o primeiro ano escolar. 
.
Eu não havia percebido, até os meus 16 anos, que aquela garota mexia com todos os meus sentidos. Acho que estava apaixonado há muito tempo e não sabia o que fazer...
.
Havia um Clube onde íamos sempre, todos os amigos, nas famosas "brincadeiras dançantes" ou até mesmo os bailes.
.
Apesar de nossa grande amizade, não havia dançado com ela muitas vezes. Até que um certo dia, depois de uma tremedeira, percebi que não iria mais conseguir ficar sem abraçar aquela belíssima garota.
.
O que será que ela sentia por mim ? .
.
Estufei o peito, criei coragem e fui fazer a coisa mais difícil de minha vida: confessar que estava apaixonado mas, porém, todavia, contudo e senão,... com um medo danado de ouvir o "tradicional" NÃO, pois naquele tempo, não se declarava diretamente sem a interferência dos e das outros(as) amigos(as) que levavam e traziam as informações.
.
Começamos um diálogo:
.
- Eu gosto muito de dançar com você, Você tem um jeitinho tão gostoso de dançar. E o seu cheirinho,... ah que delícia. Sempre fomos muito amigos, não é mesmo ?. Por isso preciso contar um segredinho e pedir sua opinião, posso ?.
- Claro que pode. Somos amigos...
- Pois é: descobri que estou apaixonado por uma grande amiga e não sei o que fazer para me declarar porque tenho medo que ela não sinta o mesmo e acabe até ofendendo-se e propondo o fim de nossa amizade.
- Eu a conheço ?.
- Sim, você com toda certeza é a pessoa que mais a conhece.
- Quem ela é ?.
- Bem, é difícil dizer... estou tremendo de medo, pois vai saber o que vai acontecer depois.
- Fale. Não vou provocar nenhum problema. Pode contar. Somos amigos, muito amigos.
- Pois é: este é o problema - somos muito amigos.
- Ser amigos é um problema ?.
- Sim, é o maior problema do mundo e eu não quero perder sua amizade por nada.
- Prometo que não vou fazer isso.
- Posso contar então ?.
- Claro, estou curiosíssima !.
- Ela é a garota mais linda que eu conheço. Ela é delicada, gentil, atenciosa. Loira, cabelos compridos... E é uma delícia dançar com ela, assim como estamos dançando agora. Eu gostaria, aliás, sonho estar com ela sempre. Fico só imaginando amanhã todos sabendo e nós andando de mãos dadas pelas ruas... Vai todo mundo admirar e morrer de inveja !.
- Nossa !. Ela é tudo isso pra você ?.
- Sim. Ela é mesmo tudo isso pra mim. Até já conversei sobre isso com o seu irmão.
- Meu irmão ?. Ele também sabe quem é ?. E o que ele disse ?.
- Ele respondeu que ficaria muito feliz que eu fosse o cunhado dele....
- Ah !
- Entendeu ?.
- Você está falando de mim ?.
- Desculpe se a ofendi. Sim, estou mesmo apaixonado por você e queria que fosse minha namorada.
- Puxa !. Nunca pensei que você tivesse algum interesse por mim .
- Faz tempo, mas eu não sabia como dizer. Você está ofendida com isso ?. Lembre que prometeu não perder a amizade...
- Não. Não estou ofendida não. Na verdade estava estranhando por que você nunca disse ... Eu queria também. E justo hoje, nesse baile... Era o que eu mais queria porque sinto que também estou apaixonada por você !.
- Seu irmão está lá atrás olhando e sorrindo, fazendo sinal de positivo. Vamos contar para ele ?.
- Vamos. E minhas amigas, já haviam perguntado também quando é que você iria criar coragem e me pedir para namorarmos. Olha só como nos olham... Estão fofocando e todo mundo agora já sabe !. Estou feliz !.
- Você me fez sentir o homem mais feliz do mundo !.
.
A música era cúmplice, em tons suaves que parecia que os músicos também estavam aguardando aquele momento !.
.
Ficamos juntos muitos anos. Quantas alegrias, quanta felicidade.
.
Um dia ela adoeceu. Foi um longo período de tristezas com os tratamentos. Estive ao seu lado sempre, inconformado com tudo aquilo. Naquele leito do hospital, segurei sua mão e ela olhava-me triste dizendo que ainda iríamos nos encontrar
.
Hoje mora no Céu !.
.
Faz muito tempo. Seu irmão disse que gostavam muito de mim e que ela foi muito feliz.
.
A SAT era nosso lugar constante. Continua em meus pensamentos, nós dois, só nós dois dançando...
.
Até qualquer dia...
.

.
Ran dez 2016

domingo, 16 de outubro de 2016

TRISTEZA, ESTÁ CHEGANDO MEU FIM !

























.
Sou normalmente "embutido". Procuro sempre demonstrar o lado positivo de tudo, que sempre há uma forma mais adequada para que se viva em harmonia e alegria (mesmo quando sentindo o contrário).
.
Os problemas,.... ah os problemas !. Quem não os tem ?. Todos temos de várias formas, quer física, mental, profissional, emocional, financeira, relacionamentos, disputas,... Temos sempre um problema para solver !.
Quando diante de alguns, estou sempre lutando para solvê-los e transmitir às pessoas que se "aguarde o final da história", pois toda história tem um final FELIZ !.
.
Assim, desde criança aprendi: "Toda história tem um final Feliz !". E acredito nisso e acredito que uma FORÇA MAIOR, que nos guia, há de prover toda energia necessária para alcançar tais resultados.
.
Mas, há momentos difíceis que não conseguimos controlar os sentimentos e nos abatemos. Hoje, retrato meu "estado de espírito", por vários motivos. Espero que amanhã quando acordar, possa contar uma nova história pois, assim como pensam e dizem mais experientes e crédulos, "dê oportunidade ao tempo e aguarde o final da história !".
.
Ando desanimado, não posso esconder. Mas, também sei que "lá do outro lado" há pessoas que me aguardam com alegria para colocarmos em dia "nossas prosas !".
.
Recebi uma mensagem, sou intuitivo:  " O chefe disse que amanhã vai ter um jogo de futebol entre MESTRES e os NEÓFITOS lá no " Estádio SECRET GARDEN" e mandou escalar você para ocupar a camisa 10 !".
.
Aguarde o final da história, pois estou ouvindo o dia todo a música que sugere esse chamamento:
.
..Tristeza, por favor vá embora,
..Minha alma que chora, está vendo meu fim.
..Fez do meu coração a sua moradia,
..Já é demais o meu penar,
..Quero voltar àquela vida de alegria,
..Quero de novo cantar !
..Minha alma que chora,....!

(letra da música TRISTEZA dos autores Haroldo Lobo & Niltinho)
.
Não entendo porque fazem homenagens às pessoas só depois que elas se mudam para o "lado de lá !". Vamos aguardar o "final da história !".
.

Raul Ramos Neves de Abreu
16/10/2016

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

EM TEMPOS DE CRISE !

O QUE FAZER ?
.
Bom mesmo é ser criança e não ter a preocupação do dia-a-dia para manter tudo que necessário.
.
Certa vez disse ao meu pai que queria um terno feito sob medida. Fomos lá naquela alfaiataria que ficava na Rua Central e fizemos o mais lindo terno que eu poderia imaginar. Afinal,... já adolescente, com quase 15 anos de idade, não poderia deixar de ter o mais lindo COSTUME e conquistar as mais incríveis garotas que iriam nos bailes.
.
O Tempo passou...
.
Dizem, na Sabedoria Popular,  que um homem só viveu uma vida completa "quando plantou uma árvore, escreveu um livro e teve um filho !."
.
Tenho um conhecido, diria que quase um amigo, que está vivendo em crise devido à conjuntura econômica-social porque passa o País. 
.
Encontramo-nos e ele começou a se desabafar sobre os problemas que vinha enfrentando e as dificuldades para solucionar. O assunto envolvia seu trabalho e a falta momentânea de dinheiro, obrigando-o a recorrer a todas suas economias e, inclusive, aos recursos que o Sistema Financeiro (oficial e extra-oficial) ofereciam.
.
Desastre !. Faltando pouco para reerguer e continuar seu trabalho.

Recorreu ao fruto da árvore que plantou, narrou o que acontecia e pediu ajuda e ouviu o que já imaginava que iria ouvir: "NÃO !".
- Posso lhe oferecer uma Cesta Básica, remédios e se preciso o Seguro Saúde !. Mande seu endereço que envio pelo Correio, respondeu.
.
Coitado, sentiu na hora uma vontade incrível de morrer e até ceifar sua própria vida mas, disse-me:  "A verdadeira Sabedoria Popular é aquela que diz COLHE-SE O QUE SE PLANTA !". Só não "mudo para o outro andar" porque vou dar muito trabalho para quem ficar e ter tanto para me despachar. Ninguém merece essa missão não esperada !.
- Devo ter a vida toda plantado vento... !
.
Perguntei-lhe o que havia respondido para aquela oferta.
.
- Não é muita humilhação ?. Estou pedindo sua ajuda, situação momentânea, vou sair dessa logo e ainda vou lhe recompensar e a todos !. Como pode me oferecer uma Cesta Básica ?. Você sabia que já existe um lugar chamado BOM PRATO, que oferece refeições para pessoas que passam por dificuldades ?. Sabia que pago um plano de saúde há mais de 20 anos e nunca usei ?. Sabia que luto todo dia para ter uma vida digna ?. Bem,... pensando bem,... talvez a idade tenha chegado e seja a hora de mudar-me, mas não sei dizer direito o endereço... o Correio não chega lá !. Agradeço muito sua carinhosa oferta. Fique com Deus !.
.
Sabe amigo, tenho aqui umas fotos das coisas ofertadas. Talvez seja melhor que eu recomece a plantar, escrever alguma coisa, e esperar o tempo chegar...
.
MEDICAÇÃO PARA PARKINSON E ALZHEIMER
.
CESTA BÁSICA
.
BOM PRATO
.

BOM PRATO
.

BOM PRATO
.

BOM PRATO
.
Sabe amigo ?. Acho mesmo que o melhor é voltar aos tempos de criança, adolescente. Tem um casal que conheço, que frequenta uma Igreja que fica num bairro bem distante... Você acredita que me ofereceram um lugarzinho para morar num quartinho da casa deles ?. Eles me disseram:
- Nesse mundo de Deus devemos dividir tudo que temos. Temos pouco, mas será um grande prazer se o Senhor aceitar nosso convite até a crise passar... !.
.
Veja a casinha deles:
.
.

.
Ran
30 09

sábado, 23 de janeiro de 2016

GUNGA - O VALOR DA AMIZADE !.

Não sei qual motivo ela era conhecida como GUNGA, mas era uma das pessoas mais incríveis e benquistas por todos que habitavam nossa cidade !.
.
Se alguém for pesquisar o significado da palavra “gunga”, certamente encontrará que se trata de um tipo de instrumento musical – O Berimbau, que toca a linha grave utilizado na Capoeira. E o Tocador, na roda da capoeira, é o Líder que convida os jogadores ao “pé do berimbau” para iniciarem a dança !.
.
GUNGA era uma Líder nata. Onde quer que ela estivesse, lá também estavam várias pessoas seguidoras, admirando aquela linda mulher que encantava a todos por onde passava.
.
Gentil, sempre bem humorada, inteligentíssima, levando uma palavra amiga, agradável, estimuladora, formando uma fileira de seguidores.
.
Era uma Artista ímpar: tocava vários instrumentos. Aprendi meus primeiros passos na música em sua casa. Ela solfejava e eu só conseguia admirar aquela Princesa e mal conseguia levantar a mão...
.
Lembro-me sorrindo o tempo todo daquele sorriso envolvente, carinhoso. Mas,... Ela não era apenas uma doce mulher, muito feminina e admirada por todos por tais qualidades: Era também “um grande amigo” que jogava bolinha de gude com a molecada, mais moleque que todos os moleques, que chutava bola, que dava “carreirões” naqueles malandrinhos que aprontassem alguma travessura.  Só de lembrar, não consigo parar de rir e, ao mesmo tempo, derramar lágrimas de saudades daqueles lindos momentos que pude desfrutar do seu “raio de luz” que fazia com que todos nós fôssemos mais solidários, mais amigos e mais tudo que pudesse ser bom.
.
Não me lembro de um pequeno instante qualquer de que algum incauto tivesse tido a ousadia de ser indelicado com GUNGA, pois ela, com aquele vasto sorriso já desarmava qualquer um.
.
Sorrisos, sorrisos, sorrisos.
.
O VALOR DE UMA GRANDE AMIZADE tinha um nome todo especial:  GUNGA !.
.
Fazíamos serenatas constantemente e era ela quem ia à frente tocando seus instrumentos, em especial um ACORDEÓN DE SOPRO, único na cidade. Mal tocávamos um violão, mal cantávamos qualquer canção, mas ia ela à frente e, como num passe de mágica, a harmonia de todos cantando uma linda canção.
.
Certa vez, o Cantor e Compositor Juca Chaves gravou uma canção que diziam era para uma conterrânea de nome Ana Maria. Sinceramente acho que tudo que fosse parecido com nossa terra, já dizíamos que tinha sido feito sob forte inspiração por nossa terra. E assim, claro, deve ser em todos os lugares.
.
Ana Maria era uma moça linda, cabelos claros, olhos azuis, muito meiga e também muito admirada e respeitada por todos nós. Sua irmã mais nova, aliás, sua única irmã, era também uma doçura de garota que fazia com que os garotos sonhassem com uma noite de Luar... !.  Ah,... o Luar !.
.
E GUNGA ia à frente com seu ACORDEÓN DE SOPRO, enquanto nós, pobres mortais, enfeitiçados pela música e pela ambiência íamos em coro cantando: ...
.
.Na Alameda da Poesia,
.Chora rimas ao Luar,
.Madrugada e Ana Maria,
.Sonha sonhos cor do Mar.
.Por quem sonha Ana Maria,
.Nesta noite de Luar ?...
.


POR QUEM SONHA ANA MARIA  -  JUCA CHAVES 1960
.
Hoje é noite de Luar, o dia foi ensolarado e mesmo em pleno verão soprou um vento de saudade que trouxe a brisa de presente e uma vontade enorme de sonhar !.
.
GUNGA mora em outro lugar. Lá deve haver o Luar todos os dias e ela deve estar tocando as mais lindas melodias, encantando todos os Anjos que ficam em total silêncio para admirar !.
.
Qualquer dia desses estaremos novamente jogando bolinha de gude e talvez eu a acompanhe com o meu “pinho” que Rodrigo levou lá para a Dinamarca onde encanta, mesmo sob a neve, nas mais lindas noites de LUAR !.
.
..Na Alameda da Poesia,
..Aonde vamos nos encontrar ?.
.
.
Raul Ramos Neves de Abreu
23 Janeiro 2016

sábado, 7 de novembro de 2015

BEM QUERER



INDIFERENÇA  -  ZEZÉ & LUCIANO DE CAMARGO
.
Estava seguindo pela estrada, pensativo, esquisito, sem saber porque...!.
.
Dirigindo distraído,  avistando logo à frente meu próprio passado que deslizava vagarosamente, como nuvens sorridentes que iam acenando alegres fazendo-me sorrir também com emoção bem sentida  e saudosa de tanto tempo.
.
SILÊNCIO !. Apenas o ronco do motor e o suave sussurar do vento !.
.
Balancei a cabeça e sintonizei o rádio em uma estação local. 
. 
Que interessante: nunca havia prestado atenção àquela música. Na verdade, sim, é claro que já havia ouvido várias vezes aquela bonita melodia, um som delicioso para relaxar... mas nunca havia "ouvido" a sua letra, quero dizer, claro que ouvi várias vezes e até poderia cantar automaticamente toda a sua letra, porém, nunca prestei atenção na mensagem chorosa do BEM QUERER !.
.
BEM QUERER !.
.
Lembrei de meu pai: Ele era um escritor !.
. 
Era correspondente de jornais, tanto do local quanto o da Capital. Escrevia as notícias, como jornalista, e também publicava crônicas e poesias. Meu pai não era apenas um escritor, ele era um Poeta !.
. 
Escreveu e publicou muita coisa. Tenho quase tudo guardado mas, como naquela música que estava ouvindo, embora tivesse lido várias vezes seus escritos, fosse onde fosse o meio veiculado, apenas li mas não me interessei em entender, assimilar suas mensagens !.
.
Agora entendo o sentido da INDIFERENÇA e me envergonho enquanto ouço essa música:
.
- ... é a sua indiferença que me mata,...que me mata,... que me mata... !"
.
Aquele moço pegou o telefone, chorando, muito triste, implorando:
.
- " Fala pra mim, diga a verdade: de onde vem esse medo que machuca tanto a gente ?. Quero entender, pois me parece tudo errado. Parece um fogo cruzado e não consigo entender !. Venho procurando há tanto tempo,... por quê não me telefona ?. Pelo menos diga-me para esquecer... Tenho o coração partido, sei que estou chegando ao fim. Está tudo errado, é essa Indiferença que me mata. È essa Indiferença que me mata... !".
.
Eu deveria ter lido aqueles poemas e sentido com o coração, não apenas com os olhos e com os ouvidos pois assim é tudo tão vazio. É a pessoa que Queremos Bem que nos fala e não conseguimos dar atenção, menos ainda ouvir e entender sua mensagem.
.
É como "falar ao vento":- ... As palavras rompendo-se em letras desencontradas que vão seguindo pelo ar sem qualquer sentido que se possa compreender, mas trazendo o amargo sentimento da ruptura que fere o coração e a alma, na percepção de quem ama, enquanto a súplica da presença só encontra como eco a Indiferença !.
.
Fala pra mim, diz a verdade...!.
.
BEM QUERER:-... Vou ler novamente, como sendo a primeira vez, tudo que meu pai escreveu. Em seus poemas, há tanta verdade tão linda que só agora que descobri vou poder entender !.
.
Raul Ramos Neves de Abreu
07 - Novembro - 2015

sábado, 24 de outubro de 2015

OLHOS E OLHARES !.

Há olhares que por si só bastam para tudo dizer e percebermos o seu sentido. E não esquecemos.
.
Há olhos que nos tocam, de uma forma ou outra, e nunca esquecemos !.
.
Aquele olhar sereno, radiante, repleto de orgulho trazia um grande sentimento de  alegria, paz, disposição, esperança e vitória !. Tudo o que se queria ver:  “aquele olhar de aprovação, de consentimento, de conforto !”.
.
Aquele olhar sisudo, aborrecido, decepcionado, desiludido,... Era tudo que não se queria ver: “aquele olhar de reprovação, de repreenda, admoestação, causando tristeza e desilusão !”.
.
Há olhares que estimulam o bem viver. Há olhares que desanimam.
.
Aquele olhar daqueles olhos...
.
Há olhos que gostaríamos para sempre ter, aqueles que admiramos, que amamos, que desejamos e até invejamos !. Não esquecemos.
.
Há olhos que  nos machucam pelo modo de nos olhar !.
.
Há aquelas pessoas que nos marcam por seus modos de olhar ou pelos olhos que possuem. Não esquecemos !.
.
Quando a luz dos olhos meus e a luz dos olhos teus, resolvem se encontrar. Ai que bom que é isso meu Deus ! Que frio que me dá, o Encontro desse Olhar !” (Vinicius de Moraes – Pela luz dos olhos teus)".
.
“ Olhar você me faz refletir, tudo que vivemos e o que há por vir !. Pois tudo passa quando você me abraça e, quando você me abraça... e quando me beija, arrepio dos pés à cabeça !. Pois tudo passa quando você me abraça e quando você me beija, Desejo ter você para a vida inteira !”. (Marauê – Olhar você).
.
Há olhares que não esquecemos e há aqueles olhos que lembraremos a vida inteira !.
.
Seus olhos parecem estrelas que iluminam a minha vida e o seu olhar é como a mais preciosa seiva que alimenta a minha alma !.
.

 
SHEENA EASTON - "FOR YOUR EYES ONLY"
.
.
Raul Ramos Neves de Abreu
23 Outubro 2015