quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

VOU INVADIR PORTUGAL !


Meu bisavô saiu de Portugal ainda garoto para conquistar a América. Morava em Braga - “A Cidade dos Arcebispos“ a qual, na época, era um pequeno vilarejo. Deixou os pais e parentes cuidando da Quinta dos Abreus, onde até hoje fazem a mesma coisa que faziam há mais de 150 anos. Com mais dois irmãos tomou o navio e eles nunca mais voltaram.

Caravela do meu bisavô

Não sabiam, entretanto, em que país da América iriam aportar. Chegaram à América do Sul. Dois irmãos desceram no porto de Santos, no Brasil e apenas um seguiu viagem e foi parar na Argentina.

Daquele português que foi para a Argentina nada mais se sabe. Porém há pessoas naquele País com o mesmo sobrenome.

Pra variar, meu bisavô chamava-se Manoel. Se ele fosse Inglês, com certeza teria o nome de John.
meu bisavô: Manoel Gomes de Abreu

Ele não gostava muito de italianos, pois na cidade onde foi morar havia uma grande colônia que se dedicava à agricultura e muitas outras prósperas atividades comerciais. Havia muita rivalidade entre eles.

Meu bisavô prosperou de forma que anos depois era um Fazendeiro de Café e Gado. Em sua fazenda havia também espaço para a plantação de uvas, como faziam seus parentes em Braga.

Fui um dia conhecer os parentes naquele lugar, ao norte de Portugal e pensaram que eu estava reclamando herança de terras! Eles seguramente não têm a menor idéia do tamanho de uma fazenda no Brasil, já que para atravessar a Quinta dos Abreus, de ponta a ponta, é necessário apenas um "Jégue" ... hahahahaha !.



transporte da Quinta dos Abreus em Portugal

Não fui bem recebido e eu só queria conhecer minhas origens! Não tem problema; se eles quiserem conhecer a fazenda que de meu bisavô, eu posso alugar um aviãozinho para visitarmos de ponta a ponta, já que para conhecer montado num cavalo tem-se que dormir uma noite no meio do caminho de ida e outra vez na volta (hahahahahaha!).
Transporte nas Fazendas Abreu no Brasil

Claro que não vou falar mais do meu passado aqui! Eu só queria entender porque é que eles vieram de tão longe (Portugal) pra INVADIR uma terrinha tão estranha (o Brasil) !

Nossa família cresceu muito e, paralelamente aos italianos, três ramos interessantes de atividades caracterizaram-nos:

1. - ARTEIROS: boêmios, cantores, compositores e escritores;
2. - PROFISSIONAIS: médicos, advogados e professores;
3. - EMPREGADOS: assalariados em várias indústrias, comércio em geral

Ninguém de minha família seguiu a tradição portuguesa no Brasil, ou seja, nunca tivemos uma PADARIA numa esquina como é o costume dos portugueses aqui.

Um deles - Casimiro de Abreu, dizia:

Casimiro de Abreu
http://pt.wikipedia.org/wiki/Casimiro_de_Abreu

" Oh! Que saudades que tenho/da aurora da minha vida/, da minha infância querida/que os anos não trazem mais !/ Que amor, que sonhos, que flores,/naquelas tardes fagueiras,/ à sombra das bananeiras,/ debaixo dos laranjais ; "...

Enquanto outro - Zequinha de Abreu, ao piano e com uma garrafa de vinho, compunha:

Zéquinha de Abreu
http://pt.wikipedia.org/wiki/Zequinha_de_Abreu

" Tico-tico no Fubá, Os Pintinhos no Terreiro, Não me Toques, Levanta Poeira; as valsas Rosa Desfolhada, Longe dos Olhos, Último Beijo, Branca, Aurora, Amando Sobre o Mar, Tardes em Lindóia, Morrer sem Ter Amado, Só pelo Amor Vale a Vida; "...

Digamos que acabei não sabendo o que fazer de minha vida e resolvi “militar” nas três áreas já descritas, com tendência a ser mais boêmio e menos sóbrio.

Fiquei aqui muitas vezes pensando em nossa relação com nossa origem, pois, ao longo dos anos, tudo se descaracterizou. Não há mais os italianos, os árabes, os portugueses, os espanhóis, etc., .... mas tão somente um povo que já não se divide pelo passado. Tudo é uma coisa só, como uma salada de frutas! Não há divergências raciais de qualquer espécie, nem religiosa.

Não obstante esse sentimento, não me passava pela cabeça, a idéia de que um dia eu viesse a “espichar o pescoço para o quintal alheio” à procura de uma mulher de sotaque e costumes diferentes.

Nesta terra onde se plantando tudo dá, tem uma fartura de tudo que se possa imaginar, inclusive de lindas mulheres que encantam o mundo todo !.

E eu fui passear dia desses nas aprazíveis e afrodisíacas praias de Natal, uma cidade ao norte do Brasil. E eis que vi um “avião monumental” desfilando toda cheia de graça e de encantos por aquela areia deliciosa...

Uma linda mulher de cabelos castanhos dourados, compridos, com a pele bronzeada, um corpo perfeito de quem se pratica assiduamente a academia, um sorriso envolvente, uma pequena pinta na maçã da face direita dando um charme todo especial,... andando suavemente como uma gazela em “slow motion” em um lindo biquíni de cores laranja e azul!


A LINDA PORTUGUESA
... “Meu Pai do céu, me segura que vou ter um tróço!” ... Essa nativa é de “enlouquecer qualquer cristão! Pedaço de mau caminho me tentando para o crime!”

Andando ali na minha frente à busca de uma água de coco verde geladinha ali na barraca ao lado... não dava pra agüentar essa provocação, mesmo que eu só tenha ido ali pra passar um final de semana pra relaxar.

Que meu " padinho Padre Cíço " me perdoe, mas eu tenho que conhecer essa 8ª maravilha do mundo! Não sei como, mas que vou lá ... eu vou!

- “Olá, boa tarde moça. Sabe, eu não sou daqui do nordeste; ... sou lá de São Paulo e estou aqui passando o final de semana. Desculpe incomodá-la, eu não conheço bem Natal e queria saber um pouco mais daqui. Você é daqui?”
- “Boas tardes! (falando com um sotaque português de Portugal!) Oras pois, eu sou é portuguesa e também estou a passar umas férias aqui. Já que tu não conhecesses bem este lugar e eu também não, podemos conhecer juntos.”
- Oras, pois! Tu és portuguesa mesmo?”E eu aqui pensando que tu fosses uma nativa! Com essa tua cor tão bronzeada, esse teu jeito de andar.....”

Ela apenas sorriu olhando-me enquanto tomava a água de coco .... Ficamos naquela praia a tarde toda e à noite fomos aproveitar os prazeres da noite em Natal onde a música é extremamente alegre e envolvente.

À beira do mar, à noite, descalços naquela areia branquinha, observando as ondas que vinham e voltavam como um doce poema de amor convidando-nos,... olhamo-nos e começamos a dançar ao ritmo de uma musica típica do nordeste, toda cheia de magia e alegria que nos tocou todos os sentidos e nos fez apaixonar!

Ela tomou o avião para Lisboa e eu para São Paulo.

Meus dias não são mais os mesmos: uma vontade enorme de revê-la e te-la novamente em meus braços e dançarmos, imaginando aquela música que não sai do meu pensamento !.

Fico várias vezes falando sozinho, dançando em minha sala. As pessoas ficam me observando... e eu, de repente, vejo-me ali com as mãos soltas no ar como que se estivesse abraçando aquela mulher ...

- Alô. Minha querida,... que saudade! Sabe, desde aqueles dias em que estivemos juntos tudo aqui é tão sem graça sem você, os dias não passam, as noites não durmo, as músicas que ouço, todas elas, parecem estar brincando comigo... e preciso te ver, te abraçar e te amar!
- Sabe,... nunca pensei, em toda a minha vida, que um dia eu fosse conhecer uma mulher tão maravilhosa, um Anjo, que mexesse tanto com o meu coração e me fizesse a vontade enorme de voar..... por todas essas nuvens, as estrelas, o mar, o mundo todo só de vontade de te encontrar!
- Sabe, ... vou pegar o primeiro avião e VOU INVADIR PORTUGAL !
- Me aguarde !

domingo, 27 de dezembro de 2009

MINHA DOCE PORTUGUESA !




Saudade ! ...

Venho todos os dias olhar ao horizonte, procurando nessas ondas que se agitam e que não param,... que vão e que vêm,... que vão e que vêm... na esperança de te ver mais uns instantes.

Saudade ! ...

Algo aqui no meu peito parece sufocar, ... arde, queima, machuca. Não consigo respirar. Os olhos não param de lacrimejar... dizem "marejados" ... e eu aqui bem em frente desse mar à procura da tua presença.

Acho que meus olhos estão com toda água do mar e tem até um barquinho navegando dentro deles... e lá estás acenando com um sorriso tão lindo... e então também aceno e me percebo sorrindo.

Saudade ! ...

Lembranças tão doces de momentos tão bonitos... aquela música, aquele bar,... aquele baile,... aquele passeio,... aquele beijo, ...

Saudade ! ... Nunca soube o que era isso senão apenas uma palavra !

Saudade,... saudade,... saudade, ...

Eita "coisa maluca" que entra sem pedir licença, que domina, que vai se apoderando de tudo e faz a gente falar sozinho e não mais saber do que gosta, talvez de nada, de nada, ... mas faz tão somente sentir ansiedade, agitação, ... sei lá, ... e a vontade única de estar novamente vivendo os momentos de alegria, de prazer, de realização com a pessoa que a gente "sente saudade" !

Fico aqui abobado falando e cantando sozinho:  que saudade de você ! ...

sábado, 26 de dezembro de 2009

NÃO TEM JEITO !


Outro dia fui à feira e como costumeiramente fazia toda semana, cheguei até a banca do japonês que vende ovos e perguntei:

- Tem ovos de pato?

Depois de pensar uns minutos e olhar pra esposa que fazia uma cara assustada e de quem não entendia o assunto, o japonês, baixinho, duns 60 e tantos anos, olhou-me todo sem graça e respondeu (como já respondia toda semana fazia uns 20 anos):

- Não, senhor! Tem ovos de galinha, de codorna. Mas de pato não tem. O Sr. Precisa de ovos de pato pra quê ?

- É que me disseram que tomar 1 ovo de pato em jejum toda manhã faz o homem ficar mais potente, sabe? Mulher alguma resiste e fica logo apaixonada!

A mulher do japonês, toda sem graça, com a mão na cintura e outra na boca escondendo um sorriso tímido e safado, virou-se de costas pra não demonstrar o interesse. O japonês olhou pra mulher, com um sorriso mais tímido e respondeu:

- Mas, pato não bota ovo! O Sr. Não quer ovo de Pata ? Pata é que bota ovo, o Pato não bota!


O JAPONÊS

Fiz de conta que estava surpreso com aquilo e respondi (como toda semana há mais de 20 anos e não vou mais lembrar isso se você que está lendo não está prestando atenção na minha conversa com o japonês).


- Não bota ? Pato não bota ovo ? Uai,... disseram-me que pato botava ovo! Não bota, o Sr. Tem certeza disso?
- Sim xinhoro, né? Pato garantido não bota ovo. Galinha bota, codorna bota, pombinha bota, pata bota, muié do jacaré bota ... mas pato é macho e macho não bota ovo!
- Putz, aquele chinês safado lá da banca de carne de ganso me falou que o Sr. Comia e vendia ovos de pato!
- Quem farô? Chineizi sabe nada, né? Fára chineizi marandro que ere sabe nada!
- Tá bom! Vou falar praquele marandro, muito sem vergonha, garantido, né?
- Sayonará, Orraiô, Dodescá, iti, ni, san, xi, gô !

O japonês ficou me olhando com uma cara de “marandro” como que se tivesse acreditado que eu estivesse falando sério. Aposto até que falou “pro muié dele” tipo assim: “bragirêro cumpricado êssi, né muiéro?”

Fui até outra banca, de frutas, também de um outro japonês.

- Orraiô gozaiomassu japon !

Enquanto eu fazia minhas reverências, cumprimentando o japonês e esposa, abaixando a cabeça sem parar e falando “orraiô”, o japonês sorria e também não parava de fazer o cumprimento, até que (como de costume há mais de 20 anos, só pra lembrar a você que já esqueceu que eu vou naquela feira a todo esse tempo).... até que de repente parei e falei sério pro japonês:

- Pára de ficar abaixando e levantando a cabeça ô japoneis marandro. Játô cum dor no pescoço de ficar aqui te cumprimentando, ô !

A mulher dele não parava de dar risada.......! E ele também ! kkkkk (lol)...

Então, pra variar (como há mais de 20 anos), perguntei:

- As frutas tão boas? São frescas ?

O japonês na hora pegou um pedaço de goiaba e ofereceu pra experimentar. E assim, experimentei a goiaba, a jabuticaba, a mixirica, um pedaço de abacaxi, mamão, melão japonês, nêspera, uva,... ufa... játô com a barriga cheia..... e tive que dizer ao japonês:

- Ô meu ! Pára com isso ! Desse jeito eu vou ficar gordo!

Todos caíram na risada !!!! E o japonês perguntou:

- Vai levá as frutas ?
- Ôh japonês,... depois que comi tanto, eu já nem sei mais o que vou comprar. Eu to é com dor de barriga... vou é correr pra casa pra “mandar uma encomenda pro Migué” !

Deixei a japonesada dobrando de rir. Mas imagino que ficaram falando:

- Exi bragirero é fogo narôpa, marandru, senvergonha que vem aqui todo sábado comer tudo de graça e não compra nada. !!!!! Marandro !


BANCA DE FRUTAS DO JAPA
Confesso que comecei a pensar que devo mudar meu jeito de ser. Afinal, cada vez que vou ao supermercado, não faço outra coisa senão degustar de tudo que tem lá: vinho, pinga, azeitona, champignon, tremoço, queijos, sucos, leites, doces, salgados, ... ufa.... até brindes como saches de desodorantes, shampoos, creme dental...

Outro dia tavam oferecendo amostra grátis de camisinha. Eu não uso pq só faço sexo seguro em casa (já faz mais de 1 ano que não faço nada) e eu logo aceitei porque uma LOIRA DESCONCERTANTE estava fazendo a promoção. Oras, joguei um “lero” em cima dela do tipo que precisaríamos testar se a qualidade do produto era boa mesmo.


LOIRA DESCONCERTANTE

A moça, toda sem graça, mas com cara de safadinha, olhou pros lados, pra trás,... pra mim... e falou:

- Bem, moço! Esse é meu primeiro trabalho aqui nessa cidade. Eu vim de Santa Catarina e não conheço nada aqui. Eu tenho que ficar aqui até as 6 horas da tarde.....

Cacete! Eu pensei que a moça além de não aceitar a conversa, iria me dar um “educado chega pra lá”.... porque na verdade eu fiz aquele comentário por questão de instinto e natureza de macho e não que quisesse mesmo sair com a moça! Vai lá que ela aceitasse e eu fosse.... Será que o “Zé mane” na hora do vamos ver iria ficar com tudo em cima ????? Que mérda !


Resolvi sair do supermercado correndo e chegar em casa pra dizer à querida esposa que me aguardava, qualquer coisa do tipo: “ Querida, cheguei!” mas,...

Ao sair para o estacionamento, tava uma outra DEMONSTRADORA de um produto novo de sopa instantânea de todos os sabores. Eu já estava com a barriga doendo de tanto comer desde a feira mas não resisti à tentação. Afinal, a moça era de “fechar o comércio” de tão bela e tão cheirosa... !.

DEMONSTRADORA " NÃO RESISTA "

- O Sr. Já conhece os novos produtos da NÃO RESISTA ? Não tem gordura trans, não engorda e vai deixar o Sr. Mais bonito e mais charmoso....!

Cacete! Com um papo desse, quem é que resiste? Eu já pedi pra colocar um monte de copinhos com todos os sabores, prometendo que ia comprar tudo....(e na esperança machista de conquistar aquela loirinha incrível)...

Tomei a de ervilhas, a de champignon, milho verde, .... , e.... e, ... brrrrrrrrr, brrrrrrrrr, brrrrrrrrr, .... Minha barriga começou a dar sinal de tempestade !

Até parecia aquele concurso na Rússia sobre a coisa mais rápida do mundo em que o Americano disse que era a velocidade da Luz, o Russo que era a velocidade do Pensamento,...e o brasileiro,.... a  velocidade duma Caganeira que não dá tempo nem de Pensar em acender a Luz !

É... ! Se não fosse essa velocidade...

Não tem jeito ! Mas eu ainda vou mudar algum dia... (será ???) !.

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

PAIXÃO É COMO A GRIPE !


Muito se fala, se escreve, exalta, fazem músicas, proezas... tudo para demonstrar o que é o Amor, o que é a Paixão.

Ninguém escolhe a família pra ter; nem o pai, o irmão, os filhos, os parentes. Mas é certo que temos todos eles, independente da espontânea vontade. Ou seja, por exemplos:
  • eu queria ter nascido uns 25 anos depois e ter conhecido aquela moça que é 32 anos mais nova que eu !
  • Ah,... aquela mulher é linda,.. pena que é filha do meu chefe !

Bem,... a história é a seguinte: - um dia desses, fui até o Supermercado para comprar os ingredientes pra FAZER UMA PIZZA:
  • 5 kg de picanha,
  • 2,5 kg de lingüiça,
  • 1 kg de coração de frango,
  • 2 pacotes de farofa pronta,
  • 1 kg de sal grosso,
  • 3 sacos de carvão,
  • 2 litros de  álcool,
  • 3 caixas de cerveja,
  • 1 garrafa de uísque,
  • 1 dúzia de limão,
  • 1 garrafa de pinga,
  • 300 gr de mussarela,
  • 1 disco de massa de pizza
  • 2 caixas de sorvete de abacaxi

 Enquanto estava lá no mercado, ainda fiquei pensando:

- Será que comprei tudo direitinho? Aquela turminha do trabalho é da pesada.! Acho que vou levar mais :
  • 1 kg de azeitonas temperadas,
  • 500 gr de salaminho,
  • uma tábua de queijos,
  • 3 garrafas de vinho,
  • 1 caixa de bombons pra oferecer pras secretárias.

- Hummmm..., tem uma secretária nova lá no meu Depto. que é maravilhosa e anda me dando bola ! De hoje ela não me escapa ! Ou eu vou comer aquela gata ou corto o falecido fora !

De repente, sem mais nem menos, passando por um corredor, comecei a espirrar: “atchim... atchim... atchim ! “

- Caramba, agora tô ferrado. Como é que vou receber o pessoal com essa gripe safada que acabo de pegar? O que é que vou contar lá em casa?

Todo desanimado e já sentindo que a “coisa ia piorar”, fui até o balcão do caixa, muito puto da vida e comecei a tirar os "ingredientes da pizza" do carrinho.

De repente, na fila do caixa ao lado apareceu uma linda moça que me olhou sorrindo e não parava de me olhar! Então,... muito entusiasmado pensei:

- " Puxa! E agora? Eu aqui pensando numa festa com meus amigos e aparece essa linda mulher? Ah... sei não... Será que ela aceitaria um convite pra ir lá em casa ? "

- Oi moça, desculpe a forma de abordar,... eu estava aqui pensando que hoje vou receber os amigos do trabalho lá em casa e vou fazer uma Pizza. Não repare que também vou levando outros ingredientes... sabe como é,... tá meio frio e de repente a gente resolve estender o horário e acende a fogueira para um churrasco... e eu tava aqui pensando,... será que você gostaria de ir na minha festa? Eu não tenho ninguém pra levar... (Que sorte a minha, sei lá porquê mas ela aceitou !).

Ficamos a noite toda bem juntinhos. Foi uma maravilha. Agora,... estou “nem aí !” com aquela secretária porque, engraçado:

Paixão é como a gripe. A gente péga sem planejar, ... dura só uns sete dias e depois....!

-    o    -

Raul de Abreu
24/12/2009

THE FOX AND THE GRAPES


Há um ditado popular – “a galinha do vizinho” - que faz com que as pessoas pensem que tudo que é alheio ou inalcançável é MELHOR !

Entretanto, enquanto e quanto mais alheio e mais inalcançável for o objeto do desejo, maior é a coceira que faz o corpo e a mente se esforçarem para quebrarem esse paradigma. E quando não se consegue o intento, justifica-se depreciando o desejado !

Não sou as pessoas e porisso tenho comigo que o DIFÍCIL faço já, o IMPOSSÍVEL daqui a pouco ! A grande motivação da vida é perseguir um sonho ... e realizá-lo !

- Que linda aquela jóia da vitrine! Pena que o preço seja tão alto... e poderia, pelo menos, ter o meu número !...
- Adorei esse par de sapatos ! Quanto? Tudo isso? Bem… na verdade os saltos estão muito altos e acho que não ficam bem em mim !
- Que homem ! Que olhar ! Ah… se caísse na minha rede… Pena que é gay !
- Que mulher linda, que sensual! Ah… eu daria o maior cansaço nela ! Pena que hoje não tenho tempo !
- Eu bem que queria ir naquele restaurante comer aquela bacalhoada ! Mas ... apesar de tão cara, acho que o bacalhau não é verdadeiro !

Naquela loja, a balconista exibindo as roupas diz:

- Ficou muito bem em você! Olha só: é uma peça original e aqui custa só R$ 350,00... mas lá no Shopping você só vai encontrar naquela loja de Griffe a preço superior a R$ 750,00. Baratinho e nós facilitamos em até 3 vezes no cheque ou no cartão !
- Bem, eu não gostei muito da cor....

Ao telefone:

- Sabe? Não queria dizer, mas andei sonhando com você…
- Verdade? O que ?
- Nem sei o que dizer... sonhei com você !
- Mas,... por quê?
- Posso dizer ?
- Pode sim...
- Tenho medo de te constranger...
- Não !
- Bem, sabe, apesar da situação...
- Diga...
- Sonhei que fiz amor com você !
- Ah...!
- Ofendi ?
- Não sei o que dizer...
- Bem,... não digo mais. Tá bem?
- Tá
- É que... bem,… deixa pra lá...

E a raposa esfomeada, sedenta, viu a parreira carregada de uvas. Que uvas lindas, saborosas, maravilhosas, hummmm...! Mas estavam altas e, por mais que a raposa tentasse alcançar, ela não alcançava. Deu uma distância e saiu correndo em disparada. Chegando perto das uvas, deu um salto ... mas não conseguiu . Tentou outra vez,... outra vez... e outras vezes ! Nada conseguiu.

- ... Bem,... deixa pra lá…! Quem sabe outro dia ? " Te ver e não te querer,... é improvável, é impossível !"

Então a raposa foi embora cabisbaixa pensando:

- “ Those grapes were sour and not fit for eating !. Why would I want them anyway ? “(but I still want !)
 
-    o    -
 
Raul de Abreu
24/12/2009

FALANDO AO VENTO




Bee Gees  -  " I Started the joke "
.
É engraçado como a vida passa e a gente nem se dá conta!...
.
Estou aqui novamente, nessa praça, uma linda tarde de inverno. Vejo o Sol, que lindo Sol, brilhando quentinho. Um céu azul maravilhoso e andorinhas dando rasantes nas águas da fonte luminosa que, embora jorrando alto, ainda não foram acessas suas luzes.
.
Sabe, foi aqui que eu conheci você. Naquela tarde, acho que foi uma quinta-feira, o dia estava tão lindo quanto está hoje.
.
Estou com saudade! Muita saudade que até me faz emocionar.
.
Tem ali uma senhora olhando-me estranho, sorrindo. Vou virar o rosto pra ela não ver que estou chorando de saudade. Não! Não estou chorando não! Eu estou é com muita saudade, mas entrou um cisco no meu olho!
.
Saudade de tudo:
.
• Da Fonte Luminosa, linda, em jatos de cores diversas dançando alegremente aos compassos das músicas;
• Daquele carrinho de sorvete OSCARINO, que passava toda tarde;
• Daquele lanchinho nas Lojas Americanas, do suco de uva, do morango com chantilly;
• Dos bailinhos, ... da Cultura Inglesa;
• Das festas no clube,... da pizza da Cantina Bella Sicilia;
• Daquele franguinho gostoso que só sua mãe sabia fazer;
• Daquele beijo que roubei de você!;
• Do Cine Centenário;
• Da Praça XV;
• Do Theatro Pedro II;
• Do Colégio Auxiliadora onde eu esperava você;
• De tantas coisas maravilhosas que o tempo nunca vai apagar!
.
Você se lembra quando estava passando aquela novela do Beto Rockfeller?
.
Acabei de ouvir uma música daquele nosso tempinho: “HERE THERE AND EVERYWHERE” dos Beatles !
.
Você se lembra disso? Eu tinha aquele cabelão comprido e gostava de tocar meu violão. Eu cantava essa música. Pouca gente sabia Inglês. Então eu dava um sinal pra turminha da minha banda que parava tudo...! Ficava só um suave teclado ao fundo, como um violino, ... enquanto eu declamava em português misturando as frases:
.
“Aqui, lá e em qualquer lugar!
Quero levar uma vida com meu amor,
Fazendo com que cada dia seja especial,
E num simples aceno de mão,
Lembrar como é bom o carinho de um ao outro,
Compartilhando todo nosso amor,
Pra ficarmos sempre juntos,...
Aqui, lá e em qualquer lugar!”
.
Você me olhava toda orgulhosa e com ciúme por causa de suas colegas que davam aqueles gritinhos...! Eu ficava radiante porque embora a letra fosse dos Beatles, aquela versão era só minha e eu dizia com tanto amor quando olhava pra você, que agora ... hum... espere,... tenho que tirar esses ciscos que caíram de novo em meus olhos.... Agora estou com muita saudade de você!
.
Vou lembrar outra música que eu gostava de cantar: “I STARTED A JOKE“, dos Bee Gees. Essa era a sua música predileta. Você estava sempre cantando essa música também. Eu até pensei que poderíamos fazer uma dupla, mas seus pais não queriam saber e nem pensar que você um dia subisse a um palco com uma banda de rock!
.
Estou tentando me lembrar dessa música, linda, que também mexia com todos os meus sentimentos. Quando aquela atriz, a Beth Mendes aparecia na telinha e tocava essa música, nós não conseguíamos esconder a alegria e a emoção!
.
Nós éramos dois jovens bobos, não é? A gente vivia derramando lágrimas por qualquer coisa.
.
Quem sabe você agora sinta novamente aquela emoção que sentíamos nessa canção que vou traduzir pra você:
.
... I started a joke ... Which started the whole world crying ... !
.
É, ... a vida passa tão depressa e a gente nem se dá conta !
.
Mas, quero confessar uma coisa, a música que mais me tocava mesmo era F... Comme Femme, daquele que veio aqui no Brasil para o show do prêmio Moliére e nós fomos assistir – o Salvatore Adamo.
.
Era linda essa canção, mas, como dizem atualmente, eu “amava de paixão” a Beth Mendes. Como eu queria um dia estar perto dela e ficar o tempo todo olhando aquele olhar tão sereno, tão meigo, tão bonito e dizer a ela toda emoção que sempre senti.
.
Recentemente ela esteve em outra novela. Estava muito mudada fisicamente, mas meu coração bateu forte de novo porque, para mim, ela sempre foi e sempre será um grande símbolo de amor, de paz, de alegria e felicidade!
.
Desculpe-me revelar isso a você. Quando eu me sentava ao seu lado e pegava em suas mãos, eu sentia muito carinho, muito amor porque você era tão meiga ou mais que a Beth Mendes.
.
Hoje sei o quanto você me faz falta. Todo dia passo por aqui nessa praça e me lembro de você. Aqui tem muitos ciscos e eu não paro de chorar de saudade. Desculpe, vou colocar aquela música...
.
... " Elle est éclose un beau matin... Au jardin triste de mon coeur " ......
.
Bem,... já está ficando tarde, acho que é melhor eu ir embora! Mas vou olhar tudo aqui mais uma vez porque esta noite eu vou sonhar com você!
.
Engraçado, aquela senhora ainda está aqui me olhando! ... mas agora é ela quem está chorando !
.
Raul Abreu
dez 2009

QUERO SER PRESIDENTE DO BRASIL





Recebi dia desses um e-mail (correio eletrônico) de uma amiga que havia recebido de outra amiga, de outra amiga..... ufa... um montão de amigos e amigas.. até chegar a mim, contando sobre o protesto de um professor de educação fisica na Bahia, dizendo que recebia apenas R$ 608,00 por mês.

Fiquei indignado ! Oras, esse professor nada mais faz que “Preparar os FUTUROS HOMENS DA NAÇÃO. Coisa simples e nada mais!”

Propunha ele em sua carta, a troca de 1 Politico (Congressista) por 344 professores, já que há uma grande carência de professores e uma farta abundância de Parlamentares.

Brasil tem em sua estrutura organizacional administrativa Instituições como o PODER EXECUTIVO que é formado pela Presidência da República mais Vice e assessores; 31 Ministérios; Advocacia Geral da União; o PODER LEGISLATIVO (Congresso Nacional) que conta com 81 Senadores e 513 Deputados; o Tribunal de Contas da União com 9 ministros nomeados pela Presidência; o PODER JUDICIÁRIO; o MINISTÉRIO PÚBLICO e mais um sem número de “bravos servidores da Pátria” que geralmente ocupam cargos em ONG´s, Estatais, MST´s (Movimentos dos Sem Terra e dos Sem Teto), etc.

Fiquei analisando a situação geral do nosso “cantinho” e cheguei a uma conclusão que SÓ EU poderei resolver o problema do Brasil, E VOCÊ que vai votar em mim. Veja os porquês:
  • Gasta-se muito para manter uma estrutura milionária de pessoas que nada fazem em prol do povo, a não ser em prol de si mesmas além, é claro, que o “olho gordo” sempre dá um jeito de ganhar mais, ou “ganhar mais do que é razoável e possível "
  • Um professor que prepara uma criança para ser um Parlamentar não consegue um salário para dignamente manter-se, menos ainda para sua reciclagem de conhecimentos a serem transmitidos aos futuros Parlamentares.
  • Como discutir politica, futebol e religião, são coisas complicadas devido às diferentes torcidas espalhadas por aí,... inclusive daquele professor que reclamou ganhar pouco mas votou na “Turminha”.... vou direto ao assunto que é a minha campanha eleitoral:

MINHA PLATAFORMA ELEITORAL:

1. - Mudança da Estrutura Organizacional:

A partir de minha posse, vou mudar a Constituição Nacional e demitir todos os Congressistas de forma “sumária, inequívoca, inquestionável, irretratável, irrevogável e etc.”, aposentando-os, desde que completados seus devidos tempos de trabalho para tal, com a mesma pensão que recebem os demais trabalhadores nas INICIATIVAS PRIVADAS (por ex. uns R$ 1.500,00 por mês - NO MÁXIMO). Com toda segurança o País vai economizar muito e, muito pelo contrário, não vai sentir falta nenhuma da ausência dos Parlamentares e seus parentes “cabide-de-emprego”.

2. - Pagamentos dos Benefícios aos "Ex-servidores" suspeitos:

Para aqueles que pairarem dúvidas sobre sua gestão enquanto Parlamentares, no tocante a eventuais propinas, desvios de verbas, benefícios indevidos a si ou a outrem, o benefício da aposentadoria será retido para pagamento de tais valores até que estejam devidamente quitados (quem sabe nas próximas 200 encarnações).

3. - Político não mais poderá JOGAR EM LOTERIAS:

Já dizia um Parlamentar de nome JOÃO ALVES: “ ... e DEUS GOSTA DE MIM E FOI GENEROSO COMIGO, PERMITINDO-ME GANHAR 356 VEZES NA MEGA SENA !” (que o Capeta o tenha em lugar bem guardado !)

Já dizia outro que “esqueci” o nome:
  • Eu não sabia!
  • Não sei de nada!
  •  Aliás, meu filho é um sortudo! Se a empresa de telefonia investiu nele, é sorte dele! Ele é um trabalhador, “cumpanheiro!”

4.- BENEFÍCIO PARA APOSENTADORIA: É muita moleza ser Funcionário Público e ganhar, como aposentadoria, a “irrisória” quantia de R$ 40.000,00 por Mês, além dos prêmios anuais, se quem pagou durante sua vida toda, até completar seu tempo para aposentar, a alíquota correspondente ao salário de mais de 10 salários mínimos não recebe além de 30% (dos 10 salários mínimos, é claro!).

VAMOS PAGAR TODOS EX-POLITICOS, QUANDO MERECEDORES POR TEMPO E POR TRABALHO - OS MESMOS VALORES QUE SÃO PAGOS A TODOS OS BRASILEIROS.

Os Aposentados Comuns vão receber uma aposentadoria justa, aumentando-se a aviltante mínima atual e reduzindo a abusiva máxima para valores aceitáveis. (por ex: minima de 5 salários mínimos e máxima de 7).

5 - INSTALAÇÃO DO “PAREDÓN”

Já que existem muitas praças de diversões, como Play Center, Hopi-Hari, Wet in Wild, etc,... vou mandar instalar um novo Parque chamado “ PAREDÓN” em cada capital brasileira. Nomearei como Gestor de tais parques o cidadão chamado RAUL GIL para programar os espetáculos semanais “ QUEM SABE CANTA, QUEM NÃO SABE “DANÇA”!”.... (e fuego !)

6. – SALÁRIO DOS PROFESSORES:

Todos os professores, devidamente qualificados, receberão de imediato uma subvenção para a aquisição de casa própria, com 3 quartos, sala de estudos e biblioteca, além de demais dependencias normais. Ainda como incentivo, terão direito a um carro de serviços (substituido a cada 2 anos de trabalho) para locomoverem-se até a escola.Tais subvenções serao consideradas totalmente quitadas e transferidas ao professor, a partir do 20º ano de atividade de ensino.

Seu salário mínimo será o mínimo necessário para manter-se dignamente como um MESTRE RESPONSÁVEL pela educação dos futuros governantes. Em valores, o salário não poderá ser inferior ao que ganha um Congressista pelas razões óbvias.

7. – IMPOSTO DE RENDA

Todos os brasileiros terão que contribuir com 10% de seus proventos, independe dos valores que recebem. Ninguém pagará mais e ninguém pagará menos.

8 – CARGA TRIBUTÁRIA

Todos os impostos sobre os bens produzidos, de qualquer natureza, serão unicos em 5%, de forma que não haverá ECONOMIA INFORMAL e menos ainda TRABALHADOR SEM REGISTRO.

Será taxativamente proibida e coibida a Economia Informal, do tipo de vendedores ambulantes vendendo piratarias chinesas, sacoleiros do Paraguay, ou afins e etc.

9 – Pixadores

Todas as cidades deverão ser mantidas limpas. Eventuais pixadores serão “recolhidos”, independente de suas idades, para os trabalhos de limpeza das cidades durante no mínimo 1 ano e, na reincidência com período dobrado ao anterior.

10 – TURISMO

Todo trabalhador terá o direito e apoio para que durante suas férias possa conhecer outro Estado do país, sendo as despesas totalmente subvencionadas por uma conta especial do Min. de Turismo.
.
11 - CORRUPÇÃO DE POLÍTICOS:-

Será adotado o Regime de PENA DE MORTE para os Políticos que recorrerem a atos corruptos, ativa ou passivamente, desde que comprovadas as suspeitas que serão investigadas criteriosamente pelos Órgãos Federais como a Receita Federal, Polícia Federal e o STF e demais Órgãos de Apoio a Investigações disponíveis e/ou a serem criados. De acordo com a Lei 8.072 

11 – OUTRAS PROVIDÊNCIAS

Todas as demais providências não tratadas nessa plataforma, serão debatidas e resolvidas com as Associações de Eleitores que votaram em MIM, mediante prova de seus votos (vou mandar implantar um MICRO-CHIP ELETRÔNICO em cada eleitor para evitar traições a mim).

Para os amigos, tudo! Para os contrários a “generosa mão do Estado”.

MEU GOVERNO será conhecido como DEMOCRÁTICO, SOCIAL, JUSTO e GENEROSO !


TENHO DITO !

-   o   -

Raul de Abreu
24/12/2009

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA...

Eu só queria entender "o que" estava pensando e "por quê", o cara que inventou a expressão: “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”, uma vez que tenho percebido que tais provérbios, famosas frases populares, nem sempre conduzem à verdadeira realidade, pois “há pedras e pedras” !

Fui ao Google pesquisar e, de cara, tinha lá um cara falando umas coisas loucas, que vão a seguir, que eu fiquei sem entender mais nada. Bem, além desse, ufa!, ... outros tão eloqüentes! vai entender ! Leia abaixo e me dá sua opinião (nem vou citar os demais, e com todo respeito ao que escreveu o abaixo subscrito a seguir em seqüência....afi...!)

ÁGUA MOLE EM PEDRA DURA - SOBRE UM MOTIVO TAOÍSTA NA LÍRICA DE BRECHT:

REMONTA certamente às possibilidades inexauríveis da imagem simbólica em desdobrar sentidos que a convivência prolongada com uma obra literária suscite por vezes no leitor a vivência do incomensurável - ou do incalculável, para mencionar termo mais ao gosto daquele que lançou as bases para a concepção de símbolo que aqui se pressupõe.

Se é verdade que uma tal vivência não é estranha ao leitor de Bertoldt Brecht, isto não significa estar às voltas, como certas tendências contemporâneas se comprazem em afirmar, com o volátil, o fragmentário, o centrífugo, a não-identidade etc.

Cacilda.... Que cara inteligente! Não entendi nada do que ele escreveu,... mas que ele escreve bonito, ah isso ele escreve sim! Vou até sugerir pra convidarem-no pra ser locutor de briga de galos lá em Tambaú no interior de São Paulo,.... e de navio!

Juro que eu só queria entender, de uma forma cientifica e mais racional e vou ter que recorrer das EXPRESSÕES POPULARES BRASILEIRAS, “tão certo como a água corre para o mar” para chegar a uma conclusão!

... (não me venha você que está lendo, também me criticar pelas “inexauríveis, inexoráveis, exotéricas, e esotéricas e lindas palavras” que não sei escrever, porque o meu negócio é só arroz com feijão!)

Dizem que “a água silenciosa é mais perigosa” e é exatamente essa a minha inquietação, pois eu tinha uma namorada em Uberlândia (faz muito tempo já), que, quando eu perguntava qualquer coisa como por exemplos: você gosta de mim, você quer ir ao baile, o que você gostaria de comer, quer dar um passeio,... etc., etc., etc., ??? ela que era muito tímida e calada, respondia a tudo a seguinte expressão: “ eu acho é pouco !”

Oras, “Águia não se detém caçando moscas”. Como é que eu poderia ficar ali “sentado à beira do caminho”, “dando uma de mineiro”, “esperando o trem passar”?

Dizem que “quem tem boca vai a Roma”, mas “quem vai ao vento, perde o assento”. E justamente “é aí que a porca torce o rabo”: eu só queria ver aquela “cabeça oca” resolver responder minhas perguntas já que “a esperança é a última que morre” e sabe-se que quando a gente “força a barra”, “a onça sai pra beber a água”.

Mas o pai dela era muito bravo e, sabe como é,... “a corda sempre arrebenta do lado mais fraco” e eu, um pobre mortal, como poderia querer tanto? “Paciência tem limites” e “água parada não move moinhos”, porisso levei logo uma caixa de chocolates pra “amansar o leão”, mas o sacana olhou bem pra mim com aquela cara de que “esmola quando é muita, o santo desconfia”! e me mandou “pentear macacos”!

“DEUS AJUDA QUEM CEDO MADRUGA !”

Já dizia meu chefe pra insistir com o “bode velho” porque “a experiência é a mãe de todas as ciências”, mas numa situação dessas, com aquele chato na minha frente eu sentia mesmo que “só a gente é que sabe onde o sapato aperta” e que “a moeda tem duas faces”. Mas, embora “a justiça divina tarda, mas não falte”, o problema era que “mentira tem pernas curtas” e ter paciência.... ah, ter paciência... eu sabia do ditado que “a pressa é inimiga da perfeição”, então resolvi "cutucar a onça com a vara curta”, porque comigo é assim: “ajoelhou tem que rezar!”

Nem preciso dizer que ela ficou toda elétrica porque “franga canta quando quer galo” e eu saquei logo que “naquele mato tinha coelho”.

AS APARÊNCIAS ENGANAM !

Meu pai sempre me dizia pra tomar muito cuidado com aquela moça e me ensinou que “a primeira ilusão do homem começa na chupeta”, mas, como em “cada cabeça uma sentença”, resolvi “chamar a jabiraca na chincha” porque aquele “bode velho” tinha bem o tipo de “cachorro que late, mas não morde” e pra falar a verdade eu acho que “a terra só é virgem quando a minhoca é mole” ou a “mata é virgem porque o vento é fresco” e eu não nasci pra ser “ bezerro enjeitado que não cheira teta ” !

O “bode velho abotoou o paletó, ... bateu as botas!” então resolvi dar uma de “bom samaritano

Mas, como dizem, “alegria de pobre dura pouco” e eu acabei “entrando numa fria” porque já dizia um baixinho picando fumo que “a última mulher que andou na linha o trem matou” !

“AÍ TEM GATO: ... SAI PRA LÁ, JACARÉ.  FOCINHO DE PORCO NÃO É TOMADA !"

Santinha do pau oco” fazia tipo e eu, um idiota, não percebi que “mulher chora antes do casamento e o homem só depois” afinal, “a ocasião faz o ladrão” e eu “entrei de gaiato num navio” e “meti a mão na cumbuca” naquela “canoa furada” que me fez entender porque só “Amélia é que era mulher de verdade” e eu acabei “caindo no conto do vigário” quando não quis dar ouvidos para “água de morro abaixo, fogo de morro acima e mulher quando quer dar ninguém segura!” e, o pior ... “onde tem fumaça tem fogo !

“ÁRVORE RUIM NÃO DÁ BOA SOMBRA !”

A gente só fecha a porta depois que ladrão entra”, mas,... como “a noite é uma boa conselheira” depois de “puxar uma boa palha” mostrei que “cabrito bom não berra” ... “amor com amor se paga” ... e “chumbo trocado não dói”.

“ A COBRA VAI FUMAR ! ”

Antes tarde do que nunca” já que “a voz do povo é a voz de Deus”, decidi então “pular a cerca”,... afinal, “a galinha do vizinho é sempre mais gostosa” e por sorte do destino “choveu na minha horta” e “antes um pássaro na mão que dois voando”, principalmente depois que descobri que as três piores coisas da vida são:
  1. cerveja quente;
  2. boi doente;
  3. a mulher da gente!

Cacete! Todo mundo sabe que “em rio de piranhas, jacaré nada de costas” e de “boas intenções, o inferno ta cheio !

Coitado do vizinho! Mas, ele, como eu, “dormiu de botinas e o cachimbo caiu !” ... e vou dizer uma coisa muito séria que “rapadura é doce, mas não é mole não” porque “raposa que dorme fora de hora, não come galinha”, mas “quem tem doce pra dar fica logo popular - olha o chifre aí genteeeeee ! ”.

É sabido que “boca fechada não entra mosquito” principalmente quando a gente “ tá mais por fora que umbigo de vedete ”, mas acontece que “ paredes têm ouvidos” e a gente “ vende até o último fio de cabelo porque careca não gasta pente” só pra não ficar “ na boca do povo”,... afinal “cada um dá o que tem !”.

" ANTES BURRO VIVO, QUE SÁBIO MORTO: CADA MACACO EM SEU GALHO ! "

Caldo de galinha e água benta, não fazem mal a ninguém”, porisso vou parar de ser “cabeça dura” e nem me incomodar mais se “água mole em pedra dura tanto bate até que fura!” já que comecei essa história numa "água de lavar a égua ” e eu já tô chamando “urubu de meu louro !” e é melhor parar por aqui antes de “fundir a cuca” e começar a dizer de novo já que todo mundo sabe que “águas passadas não movem moinho !”.

... ” olha que coisa mais linda, mais cheia de graça......

Depois da tempestade, ... vem a Ambulância ! " ... “ À noite, todos os gatos são pardos ", ... "em casa de ferreiro espeto é de pau !", ... "quem nunca comeu melado quando come se lambuza !" ... " malandro que é malandro não bebe mel mas come a abelha !",... " beijo de mulher feia é que nem mordida de cascavel !"

Bem, ... eu vou em frente que atrás vem gente!” Quer saber mais ??????

... “ Os homens são verdadeiros DIABOS, não há mulher que negue! Mas todas elas pedem UM DIABO QUE AS CARREGUE !”

-    o    -

Raul de Abreu
22/12/2009

JEAN ET MARIE


Jane Birkin - Je t'aime

Amanhecia calmamente sobre Copacabana !

Pessoas já caminhavam descalças na fria areia da praia, admirando o espetáculo da natureza brindando toda a beleza natural da Cidade Maravilhosa.

O Sol vagarosamente surgia por trás das ondas do mar, serenas, compassadas em uma linda melodia cantada pelo vento, pelas gaivotas, pelos suspiros e exclamações daquelas pessoas completamente fascinadas!

Turistas registravam com suas câmeras todo aquele explendor, como se nunca tivessem visto nada igual. Que lindo! Que delícia! Que prazer!

A areia da praia branquinha e gelada pelo sereno da madrugada guardava ainda vestígios de apaixonados que certamente entregaram-se em felicidade!

Caminhando tranqüila e sorridente, sozinha, uma bela mulher não se continha de emoção admirando aquele cenário tão bonito de cores tão variadas dos raios solares, das ondas, da areia, da vegetação, das roupas coloridas, dos sons diversos de línguas estranhas, das musicas... daquela vida toda cheia de poesia!

O Sol já se mostrava imponente enquanto as pessoas todas o admirando, de braços abertos, oravam agradecendo por mais um lindo dia, esperanças renovadas, alegrias desejadas, amores, saudades, vida!

Ela parou em frente a um grupo de turistas, admirando a manifestação tão repleta de alegria, de todos, por aquele momento tão mágico que não haveria qualquer vivente que não se comovesse.

- Bon jour, “petite dame”! Está merveilleux Le Soleil.
- Oh, monsieur. Je suis brésilien. Parlez vous portugais?
- Oui, ma petite dame. Um pouco, mas tenha você calma.
- Ah, sim! Vou falar devagar...
- Devagar ? No comprendo!
- Devagar,... Doucement !
- Ah, oui ! Sim, comprendo. Doucement…. Devagar ! Sim!
- Pardon moi, ... você morar a Riô ?
- Oui,... eu moro no Riô sim! (respondeu gargalhando)
- Oh,... você feliz! Lindô Riô, muito lindô Cidade Marravilhosa !
- Eu sou Jean...
- Oh, Jean, eu sou a Marie!
- Marie?
- Sim, Marie ... como Maria, mas em francês!
- Ah, si, trés intéressant! Un beau nom!

Marie e Jean ficaram horas conversando sobre a Cidade Maravilhosa e também sobre a França, em especial a “Cidade Luz”, afinal, as duas continham as “Maravilhas do Mundo”, o Cristo Redentor e a Torre Eiffel.

Marie sabia um pouco de francês e aproveitou o momento para lembrar um pouco o que já ia se perdendo....! Jean, encantado com aquela linda mulher brasileira, ia exercitando aos “trancos e barrancos” o pouco que havia aprendido do idioma “brasileiro”.

Jean, era um homem bem alinhado, claro porém bronzeado, olhos azuis, cabelos escuros lisos, de cerca de 40 anos, Arquiteto, porte físico atlético, ou bem cuidado, simpático, atraente, culto, educado e divertido.

Marie, uma linda mulher de cabelos castanhos claros, um belo corpo também bem cuidado, mineira residente no “RIÔ” há mais de 20 anos, ainda com leve sotaque mineiro-paranaense, já que também havia morado naquele estado, olhos castanhos de brilho penetrante, Artista Plástica, mulher e por isso não se fala a idade (??? !!!), cultíssima, educadíssima, divertidíssima e outros “íssimas” ...

... que “Cristão ou Muçulmano ou Judeu ou Tibetano ou outros, inclusive eu que estou aqui contando a história” NUNCA DEIXARIA DE NOTAR E FICAR LOGO BABANDO DE PAIXÃO !

(pronto, já apelei pra descrição que, no popular, só podemos mesmo é dizer: “ eita mulher gostosa!”... não vou dizer as medidas de Marie pra ninguém ficar depois me pedindo o nome, endereço, e-mail, celular, etc. ... porque se eu descobrir .... hehehehehe.... “ninguém tasca porque eu vi primeiro!”).

Bem,... onde é que estávamos mesmo ? Ah sim,... muito mesmo ! ufa !.... (esse francês tá me sacaneando, vou dar um jeito nele logo porque já to com ciúme!)

As horas passaram tão rapidamente, que nem perceberam que, sentados à sombra de uma exuberante árvore, o movimento da cidade, nas ruas, nos bares, na praia era intenso. Resolveram então encontrarem-se logo mais em um Restaurante próximo, já definido, para o almoço e continuarem se conhecendo.

Marie voltou pra casa radiante. Nunca poderia imaginar que justo naquele dia iria encontrar alguém tão agradável que ela já estava sonhando. Tomou logo seu banho e foi para o lugar combinado.

Jean, após o banho, olhando lá do alto, da janela de seu apartamento do Hotel, avistou aquele mar azul maravilhoso e pensou:

- “Que lindas as ondas do mar, que vêm e que vão e voltam num segundo formando espumas dando asas à minha imaginação, que vai distante buscar a figura tão doce de meu amor, inspirando caricias, afagos, fazendo-me sentir o perfume suave de seu corpo, o calor de seu abraço, a ternura de seu beijo, o compasso de seu coração, a beleza de seu sorriso, a alegria de te-la mulher!”

Jean apaixonou-se! E certamente também Marie!

Após o almoço, voltaram à praia, de mãos dadas, corações pulsantes...

O Sol começava a dizer adeus àquela paisagem tão linda e, da mesma forma que pela manhã, caminhava lentamente para sua morada todo cheio de explendor espargindo alegrias por todos os cantos onde seus raios pousavam carinhosamente, como num doce aceno melancólico, de coração também apertado, distanciando-se da Cidade Maravilhosa!

Silêncio!

Deitados na areia abraçaram-se!

... " Je t’aime, ... je t’aime !
Oh, … oui ! je t’aime !
Oh mon amour, ...
Comme la vague irrésolue, ...
Je vais, ... je vais et je viens,...
Entre tes reins ...
Et je me retiens ...
Je t’aime je t’aime !
Tu es la vague, moi l’île nue, ...
Tu vas, et tu viens, ...
Entre mes reins, ...
Et je te rejoins, ...
L’amour physique est sans issue, …
Alles! … comme la vague irrésolue,…
Je vais, tu vas, je viens, tu viens,…
Non ! maintenant !... Viens !..
Je t´aime ! … je t´aime ! … je t´aime ... "

-    o    -

Raul de Abreu
22/12/2009

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

ESSE MUNDO MACHISTA























Se você pensa que ser Homem é fácil, tenho, infelizmente, que dizer que isso é um terrível engano:

- Mô,... tão tocando a campainha!
- Mô,... deixa dinheiro que a faxineira vem hoje!
- Mô,... mamãe vem jantar hoje aqui em casa. Vê se você não vai se atrasar!
- Mô,... o Júnior tá indo mal na escola. Você precisa ensinar matemática pra ele
- Mô,... ih, hoje não vai dá! Tô cuma enxaqueca daquelas!
- Mô,... vai logo, Mô, que estou com sono!
- Mô,... só se for de camisinha que to cansada pra tomá banho de novo !
- Mô,... tomou bolada no saco jogando futebol? Ah, isso passa logo...
- Mô,... Dor que dói é quando tô de TPM, ... !
- Mô,... amanhã vou chegar tarde do chá com minhas amigas!
- Mô,... o carro tá sem gasolina!
- Mô,... Mô,... Mô,.... Ah, ... você já dormiu ? Ufa... ainda bem ... !

ICH LIEB DICH !


Dia desses eu ia passando por uma dessas ruas movimentadas do centro da capital e percebi um movimento interessante em frente a uma loja de artigos musicais, em especial, Discos, CD´s, DVD´s, fitas, etc.

Uma portinhola, um pequeno balcão, poucos atendentes e um sem número de clientes ouvindo músicas com fones de ouvidos, um em cada aparelho de som. Aliás, ao que parecia, também os estilos de sons eram muito diferentes.

Um grupinho agitava, requebrava, levantava as mãos, sorria, gritava... Outro grupinho solfejava e parecia em estado total de levitação !

Várias outras pessoas ali na calçada tentando entrar na lojinha esperando um espaço.

Nesse último grupo, notei pessoas risonhas, pacientes, educadas ... e não resisti em juntar-me a elas pra saber onde iria parar “aquela festa” já que eu não tinha nada pra fazer mesmo naquela tarde.

Jovens de boa aparência, saudáveis. Fiquei observando com uma vontade daquelas de puxar assunto!

Havia uma garota linda de cabelos castanhos escuros, bem arrumados e de muito brilho. Ela sorria timidamente. Era, entretanto, a figura que se destacava naquele grupo, pois, em principio, vendo-a de costas não causava tanta admiração, pois, parecia apenas uma pessoa comum, bem arrumadinha como as outras porém, olhando-a de frente... que beleza de mulher ! Fiquei de queixo caído! (e ela rindo mais ainda...).

Observei bem a todos, com cuidado. Aquela garota.. hum... que amor de morena: - tinha um jeitinho tão especial no seu modo de andar, de sorrir, de olhar, de mover o corpo em compasso harmonioso com a música que estava ouvindo...

Não consegui disfarçar tanto e ela me percebeu. Olhou-me sorrindo ... !

Uau! A moça era estrangeira. Não era da capital.

Eu, ... com aquela cara de caipira do interior claro que ia chamar mais atenção do que ela, pois, afinal, quem poderia imaginar que eu pudesse entender e falar outro idioma senão o meu próprio e ainda com muita dificuldade?

Bem, eu não poderia fazer outra coisa depois de surpreendido, por observar, por tão encantadora garota, do tipo uns 26 a 28 anos, de uma pele encantadoramente linda, rosada, olhos azuis claros e cabelos escuros, senão apenas sorrir com um jeito “meio sem jeito”!

Insinuei-lhe que tivesse a tal idade que pensei mas, ela, com um bom humor incrível, sorriu, balançou a cabeça negou e sugeriu que não era tão novinha quanto estava parecendo pois teria bem mais. Então, desafiou-me a acertar pois como prêmio, se acertasse, eu ganharia um doce. (... bem que eu queria que tivesse dito “UM BEIJO”)!

Achei melhor não dizer nada porque já estava um bom começo para uma amizade duradoura (homem não pode ver mulher bonita que já quer..... eu pelo menos não queria passar por inconveniente e menos ainda perder até o doce).

Dei um sorriso e fiz um gesto com o rosto, típico de quem se desculpa, pois, afinal, senti-me invadindo seu espaço. Se eu disser (a você que está lendo) que fiquei rubro, poder-se-á até desconfiar que esteja é “colorindo” esse conto, mas eu realmente fiquei rubro de vergonha de ser um “penetra” num lugar público onde jovens curtiam suas músicas enquanto eu só passava por ali por nada ter que fazer no momento.

Bem, como diz aquela Famosa Filosófica Senhora, pensei:

- “ Já que o avião está atrasado, sua mulher tá “naqueles dias”, o seu fim de semana já está ferrado, você não tem nada a fazer e mais nada a perder,... compre uma Caravan, um barco, uma canoa, uma vara com caniço especial, umas caixas de cerveja, convida o vizinho pra pescar e.... relaxa e goza!”

Resolvi aceitar a sugestão do vendedor da loja, que percebi que de bôbo ele não tem nada! (bom sujeito o cara, apesar de ser um grande "fdp").

Então, discretamente fiquei mais perto daquele “amor de morena” e pensei:” Vou botar uma música “federal” do Alain Barriére – Ma Vie (acho que só conheço essa musica pra dar uma de Tio Sukita) e ver o que acontece!

E eis que a mocinha, que até então nada havia falado comigo, senão apenas um tímido “olá”, colocou logo uma música alemã com os dizeres (entre outros e repetidamente até o final)... “Ich lieb dich” e ficou olhando pra mim, sorrindo e mexendo o corpo de forma bonita e sensual ao som da música! (... será que tava me provocando ???!!!).

Olhei espantado pra mocinha e pensei: “ Será que ela entende a letra da música?”... Bem, talvez isso explique ser uma bela morena de pele rosada e olhos azuis, como era Romy Schneider a mais linda alemãzinha que o mundo já conheceu em seus vários filmes.

Ela não iria acreditar que sei algumas palavras em vários idiomas pois eu tenho mesmo é cara de caipira paulista daqueles que falam “párrrrmito, pastérrrr, cááárrrrrne, fóóórrrrrma, póórrrrta abééérrrrta, nóis vai, nós come, nóis fuma i nóis pita!”

Porém, … by the way, c´est la vie, anche noi, Je suis un petit garçon et vive la France! Das ist kein problem! Right? Die welt ist shöen!... mas arranho um pouco de tudo(cozinha, cama, mesa, jardinagem, banho e acessórios adjacentes)! Afinal já fui Secretário Aspone Adjunto de Assuntos Aleatórios e Adogmáticos Universais e Holísticos, sem contar que fui convidado a ser Papa.

(se você não entendeu nada do que escrevi acima não me pergunte, porque eu também não entendi nada já que essa morena me queimou um montão de neurônios... e eu quase virei “loiro”)

Mas, de qualquer forma, pra encerrar essa missiva, devo de dizer que o material em questão, submetido aos testes da câmera de combustão, foi aprovado nos ensaios de corrosão, conforme assinado pelo Químico Jão, o homem do bão coração!” E não se fala mais nisso!

Assim, ao pegar na pena pra escrever essa simples cartinha, quero registrar com muito carinho para aquela mocinha, amor de morena, que conforme dizia “Confúcio”, um grande navegador internauta genovês:

.... “O mundo é maravilhoso e eu te amo”

E que no idioma original "mandarin", escreve-se assim:

.... Die welt ist shöen und Ich lieb dich !

( e não se fala mais nisso outra vez) ! ! !

-    o    -

Raul de Abreu
21/12/2009

O CARTEIRO E O POETA



A temperatura em Procida estava bem agradável, aproximando o fim da tarde.

Aquela paisagem maravilhosa, no Golfo de Nápoles, Itália, faz o coração de qualquer vivente compassar acelerado diante de tantos encantos naturais, histórias, lendas e costumes!
De longe, em pequenas embarcações de pescadores avistam-se casas coloridas, simples e belas.

E vão acenando para os barcos os familiares que esperam aqueles que logo cedo se lançaram ao mar, como rotineiramente, em busca da farta quantidade e variedade de peixes e frutos do mar, que são o sustento da mesa de cada dia, assim como a sua fonte de renda.

É lindo ficar ali assistindo a esse espetáculo, com o mar em águas mansas levando sonhos e esperanças e trazendo fantasias (a nossa imaginação encantada) que acabam nos envolvendo em pensamentos ainda mais distantes!

O Outono é uma Estação de transição que ameniza o calor intenso e,parece, traz alguma coisa ”no ar” que não sabemos bem definir, pois, transforma os sentimentos mais exacerbados e emotivos.

Uma casinha rosada abriga um pequeno bar que serve de local onde os moradores e turistas tomam algumas refeições e um bom vinho. Não se pode deixar de experimentar as especiarias do mar, os queijos de cabras, o vinho .... E uma musica típica cantada, ao fundo, com acompanhamento de um acordeón e um violão.

Naquele momento, fim de tarde, parece que o mundo pára pra ouvir e reverenciar aquele espetáculo.

Naquele bar, houvera um dia a filmagem do premiado O CARTEIRO E O POETA... cujos personagens parecem ali eternamente presentes.

Saí pensativo, após degustar aquelas delicias, em direção à encosta, num lugar mais afastado e resolvi subir a colina, por uma trilha de chão batido que levava ao topo do monte.

O Sol estava ali adiante, como que cansado de mais um dia, contemplando a mesma paisagem que eu não consegui desviar os olhos.

Balancei a cabeça, querendo acordar... Mas um sonho tão gostoso não se pode acordar!

Começou a ventar suavemente... Senti um calafrio!

O vento que vinha do mar, sussurrava bem baixinho e eu queria dar “asas à imaginação” e fitei, como que hipnotizado, um ponto distante no mar... que se levantava e vinha caminhando ao meu encontro!

Sorri um sorriso tão gostoso, que pareceu um bálsamo celestial e imaginei-me indo em direção àquela figura, uma linda e meiga mulher dançando feliz de braços abertos e vindo ao meu encontro!

A brisa em meu rosto parecia um beijo delicioso de amor, daqueles que só o coração apaixonado é capaz de sentir e, em meus braços, aquela mulher angelical, com um lindo sorriso... dizendo-me,...

- “hoje eu queria receber dúzias de flores, palavras de carinho, o seu amor... e ser eternamente feliz em seus braços!”.

Não pude conter uma lágrima, que vou dizer que foi apenas o suor, tamanha a emoção eu senti ao, imaginariamente, abraçar e beijar com muita doçura...

O céu num instante ficou lilás e meu coração como um tambor de contentamento!

Vou jogar no mar o meu pedido, em uma simples Carta, para que esse sonho nunca se desfaça, mas que traga de verdade a mocinha que fez o céu lilás e, nos nossos abraços, carinhos e amor, sintamos sempre o prazer de nos encontrarmos e sermos felizes !

-    o    -

Raul de Abreu
21/112/2009

QUERIA VER O SEU ROSTO !

Estava uma noite fria, daquelas que deitamos de lado com as pernas encolhidas e o corpo todo encolhido pra aquecer um pouquinho.

Sob uma pequena manta de lã, eu virava pra lá e pra cá, incomodado com o vento que soprava através da veneziana do quarto....

Devia ser umas 2 horas da madrugada. Eu não conseguia dormir.

Liguei o aparelho de som em uma emissora de FM de músicas suaves, buscando “pegar no sono”. Embalei na fantasia... !

De repente, não sei se eu já estava dormindo e sonhando, aquele ventinho frio que vinha da janela pareceu-me entrar no quarto vindo em minha direção vagarosamente....

Um perfume delicioso de flores silvestres e jasmins, dama-da-noite, rosas... não sei bem explicar, como seu eu estivesse entrando em uma perfumaria decorada de forma colonial, com muitos quadros pintados em tons suaves...

Um oboé, melancólico sussurrando como um apelo pela vida e encontrando-se com violinos, mágicos, formaram logo um delicioso momento de muita atenção, prazer e imaginação.

Interessante: - eu ali na cama, encolhido, e ao mesmo tempo vendo-me em um lugar totalmente desconhecido, perfumado, florido, maravilhoso e com uma musica divina!

Balancei a cabeça querendo acordar e senti no rosto o vento acariciando-me, como em forma de mãos tão delicadas, levando-me à vazão de sentimentos tão deliciosos que meu corpo cedeu a um relaxamento reconfortante.

Eu conseguia ouvir aquela musica, em notas deslizando por todo ambiente, levando-me em estado de levitação ao encontro de uma doce mulher que, na penumbra, não conseguia visualizar o rosto, mas apenas sentir seu perfume, sua voz, e a meiguice de seu ser.

Em seguida dormi profundamente e feliz, balbuciando alguma coisa: ...

“ eu só queria ver o seu rosto!”

-    o   -

Raul de Abreu
21/12/09