domingo, 31 de outubro de 2010

DE BAR EM BAR VOU TE PROCURAR



Se tem uma coisa que não dá pra aguentar, é ficar pensando na pessoa que você quer e sabe que não vai ter mais. Fazer o quê ? Certamente "pintou" alguém mais interessante ou você "pisou na bola" ou. ... Vai lá saber o que aconteceu ? (!).

Dor de corno na certa !

Insônia, mau humor, ansiedade, solidão, vontade de ficar embaixo da cama, síndrome de PINICO e não de pânico (que é pouco), comida não tem gosto, passear só é uma merda, paquerar outra pessoa nem pensar, ... mas que não sai da cabeça não sai !

Solução?

Ganhar sozinho na loteria e se mandar "PRASORÓPAS" ... ou se afogar na mesa de um bar... melhor dizendo, ... "de bar em bar ! "

Aí então,... eu bebo e choro, choro de saudade, choro de paixão... garçon me olhando com "cara de bunda" e eu me ferrando com copos na mão !

Afinal,... tomar uma caninha pra esquentar e muitas cervejas pra esquecer, não vai matar ninguém (mais ou menos, né ?). Bem, tem gente por aí dizendo:

- Amigão: vamos tomar mais umas que essa dor logo passa e quem sabe passa outra pessoa aqui pra a gente amar e que vai provar de " A a Z " que você pode beber todas pelos seguintes motivos:

. A Cerveja nunca causou uma grande guerra !
. Ninguém vai lhe matar por beber cerveja !
. A cerveja não lhe diz como fazer sexo corretamente, quando você fica com "vontade"
. Ninguém vai obrigar você gostar e nem parar de beber a "Loirinha Bem Suada " !
. Ninguém nunca foi queimado na fogueira, torturado ou enforcado só porque gosta de cerveja !
. Ninguém precisa esperar 2 mil anos por uma nova marca de cerveja !
. Se você bebe pra esquecer, não se esqueça de beber !
. Mas,... se ela também gosta de beber... espera que já já ela aparece !

Aí,... eu bebo e choro, choro de saudade com um copo na mão !

Raul de Abreu
31 / 10 / 2010

ALUCINAÇÃO




Alucinação

Tentei me proibir
de pensar em você
mas como desistir
do que eu mais quero ter.

Não deu certo uma vez
e nunca mais vai dar,
depois do que me fez
não era pra eu te amar.

Ah, meu amor...
que raiva que me dá!

Madrugada solidão
parece estar vindo alguém
virou alucinação
olho e não vejo ninguém,
quanto mais eu tento te odiar
mais te quero bem...

Dizem que amar é sofrer
isso nunca vai mudar,
quero algo pra beber
pra acabar de arrebentar
acho que nasci pra te querer
e me machucar...

Não deu certo uma vez
e nunca mais vai dar,
depois do que me fez
não era pra eu te amar.

Ah, meu amor...
que raiva que me dá!

Madrugada solidão
parece estar vindo alguém
virou alucinação
olho e não vejo ninguém,
quanto mais eu tento te odiar
mais te quero bem...

Dizem que amar é sofrer
isso nunca vai mudar,
quero algo pra beber
pra acabar de arrebentar
acho que nasci pra te querer
e me machucar...
e me machucar...
e me machucar...

EITA VIDA DE CÃO !









Não aguento mais,
Vou ligar pra ela...
Chamando... chamandooo
Alô ... alô... alô....

Acabou a bateria do telefone,
Onde está o carregador ?
Ah, cacete, deixei em casa...
Vou acelerar...

Cacete, o carro enguiçou,
Acabou a gasolina,
Guarda filho da mãe,
Não tem sentimento,...

Encosta,... encosta...
Seu guarda por favor,
Me empresta o telefone,
Acabou a bateria...

Encosta,... encosta...
O telefone, por favor,...
Quero falar com ela...
Quero falar com ela...

Encosta,.. encosta...
Carteira de motorista ?
Me empresta,.. me empresta...
Eita vida de cão !

Não vou mais falar com ela !

Raul de Abreu
31 / 10 / 2010

sábado, 30 de outubro de 2010

IGUALDADES




Um professor de economia na universidade Texas Tech disse que nunca reprovou um só aluno antes, mas tinha, uma vez, reprovado uma classe inteira.

Essa classe em particular tinha insistido que o socialismo realmente funcionava: ninguém seria pobre e ninguém seria rico, tudo seria igualitário. 

O professor então disse: 

- Ok, vamos fazer um experimento socialista nesta classe.. Ao invés de dinheiro, usaremos suas notas nas provas. Todas as notas seriam concedidas com base na média da classe, e, portanto seriam “justas”. 


Com isso ele quis dizer que todos receberiam as mesmas notas, o que significou que ninguém seria reprovado, mas, também quis dizer, claro, que ninguém receberia um "A"...


Depois que a média das primeiras provas foram tiradas, todos receberam "B".


Quem estudou com dedicação ficou indignado, mas os alunos que não se esforçaram ficaram muito felizes com o resultado.


Quando a segunda prova foi aplicada, os preguiçosos estudaram ainda menos. Eles esperavam tirar notas boas de qualquer forma. Aqueles que tinham estudado bastante no início resolveram que eles também se aproveitariam do trem da alegria das notas. Portanto, agindo contra suas tendências, eles copiaram os hábitos dos preguiçosos...


Como resultado, a segunda média das provas foi "D". Ninguém gostou !


Depois da terceira prova, a média geral foi um "F" !


As notas não voltaram aos patamares mais altos, mas as desavenças entre os alunos, as buscas por culpados e palavrões, passaram a fazer parte da atmosfera das aulas daquela classe. A busca por “justiça” dos alunos tinha sido a principal causa das reclamações, inimizades e senso de injustiça que passaram a fazer parte da turma. No final das contas, ninguém queria mais estudar para beneficiar o resto da sala.


Portanto, todos os alunos repetiram o ano... Para total surpresa  !

O professor explicou que o experimento socialista tinha falhado porque foi baseado no menor esforço possível da parte de seus participantes. Preguiça e mágoas foi seu resultado. Sempre haveria fracasso na situação a partir da qual o experimento tinha começado. 

"Quando a recompensa é grande", ele disse, "o esforço pelo sucesso é grande, pelo menos para alguns de nós. Mas quando o governo elimina todas as recompensas ao tirar coisas dos outros sem seu consentimento para dar a outros que não batalharam por elas, então o fracasso é inevitável." 

É impossível levar o pobre à prosperidade através de legislações que punem os ricos pela prosperidade. Para cada pessoa que recebe sem trabalhar, outra pessoa deve trabalhar sem receber. 

O governo não pode dar para alguém aquilo que não tira de outro alguém. 

Quando metade da população entende a idéia de que não  precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, então chegamos ao início do FIM DE UMA NAÇÃO ! 

É impossível multiplicar riqueza dividindo-a, beneficiando uns em prejuizo de outros, idealizando apenas o próprio benefício de quem, com o poder, injustamente a divide.


Raul de Abreu 
30 / 10 / 2010
texto enviado por Sueli Rossetti 
(autor desconhecido)

domingo, 24 de outubro de 2010

UM CAMINHO PRA SER FELIZ !


Há muitos caminhos para que sejamos felizes, embora, às vezes, nossa visão torna-se ofuscada por coisas tão banais que conseguem esconder as verdadeiras preciosidades que estão ao alcance de nossas mãos, de nossas percepções ! Mas,... caminhos têm seus segredos e acabamos dando valor ao esquecimento das coisas boas e dando mais valor ainda, tão somente às lembranças dos desencontros !

Como é bom lembrar um abraço sincero, um aconchego, uma palavra carinhosa, beijos, momentos de alegria em festas, as confissões de amor, os momentos íntimos de prazer, os olhares apaixonados, aqueles outros momentos de solidariedade, de apoio, da palavra que conforta ou da dedicação espontânea.

Há muitos caminhos para sermos felizes ! Que as decepções fiquem de lado porque há mais beleza e dignidade mais adiante !

Tudo se renova a cada instante, naturalmente. Podemos nos dar chances a todos instantes e acreditarmos que logo mais a tão merecida felicidade estará para sempre reinando em nossos corações.

Que possamos nos renovar interiormente a cada momento, pois cometemos erros e  acertos. E mais importante é lutar para conseguirmos trilhar por esse caminho que nos leva até lá onde tanto queremos. Se tivermos que seguir viagem e deixar para trás alguns pertences, que valha e seja vitoriosa a nossa nova caminhada e que esse caminho seja cristalino, alegre e seguro !

O nosso passado reúne preciosidades, o futuro não sabemos, mas em nosso presente vale muito considerarmos o que tivemos de bom ! E, assim, oferecendo oportunidades para a correção de algumas falhas e sermos felizes !

... " quando você sentir saudade ou alguma ponta de tristeza, pense em alguém ou algo que é ou foi importante em sua vida ... e mude tudo com um simples sorriso ! Lembrar as coisas boas faz bem ao coração, à mente e à alma ! "

Não estou parado; estou caminhando e tendo momentos de raro explendor, alguns de receio, outros de nem tantas realizações ... mas caminhando seguro porque existe um lugar onde quero chegar e está bem perto !

Raul de Abreu
24/10/2010

sábado, 23 de outubro de 2010

A PSICÓLOGA QUE FICOU BANGUELA


Poucas pessoas têm um nome tão bonito: Jackie Donnavan Stuart !


Moça de “pedigree”. Nome estrangeiro original, filha de gente “sangue azul” . Aliás, ela respondeu toda nariz empinado quando perguntei se ela era nobre:

- I am blue blood, mister !
- Blue blood ? O quê que é isso ?
- Simplesmente “sangue azul” . Você não fala inglês ? Pensei que tivesse alguma formação...
- Bem, eu não sabia que você tinha sangue azul e não falo linguas estrangeiras... Mas eu sou formado sim. Tenho até o diploma do primeiro grau completo!.

Então Jackie, pra esnobar seu pedigree, monopolizou a festa de Natal, contando sobre sua nobre origem, em um tom no mínimo “muito arrogante” o que na minha linguagem era só “um pé no saco !”. Dizia ela ser filha, neta, bisneta, sobrinha de Duques, Duquesas, Lordes, Milordes, Mailordes, ... vixi, tinha tantos “ordes” nos finais que fiquei meio "fora de ordem" tomando meio copo de Champanhe de Cidra.

E eu, só pra provocar um pouquinho aquela "onça no cio", sabendo que era uma Psicóloga, ou qualquer coisa assim que faz terapias com pacientes em divãs, fui logo insinuando:

- Eu acho mais é que esses seus parentes aí lá das Europa deviam ser todos uns "molórdes mixórdes" folgados que nunca pegaram no trampo !

A maluca, então, começou a vomitar sermões falando que um tal de “Fróidi” (devia ser algum outro milórdi) explicava que eu tinha é uma coisa chamada desvio de personalidade e que psicanalíticamente eu tinha é desestrutura psicossocial, dizendo mais ou menos assim:

- Olha aqui, seu Xenofóbico, maníaco neurótico-psicótico, portador de TDAH,  sindrômico generalizado...

Não sei se ela me elogiou com tantos adjetivos ou se ela estava me xingando de tanto mau humor ! Bah ! Quanta besteira só por causa que eu falei que a turma dela devia ser uma cambada de preguiçosos...

A casa era de um amigo meu que tinha me convidado para passar a Ceia de Natal com a família dele. Mas, que coisa, de onde é que ele foi imaginar em convidar uma fulaninha tão chata ?

Começaram a servir a comida. Hum que delicia... Tudo coisa fina de gente bacana mesmo.

Tinha uvas de todos os tipos, castanhas nacionais e importadas, uísques, cervejas, champanhes (até Cidra tinha), sucos, água importada,... uma bebida esquisita chamada Ponche – cheia de frutas, doces, chocolates, bolos, pudins, sorvetes... Uau !

Jackie, toda fresca que só vendo, comendo “com etiqueta” pegou uma castanha do Pará, com todo jeito, com aquele dedinho todo empinadinho e mandou ver uma “bocada”...

A fulana ficou branca, amarela, roxa, parecia que tava espumando de raiva e começou a berrar:

- Quebrei meu dente,... quebrei meu dente... Ai meu Deus ! Quebrei meu dente !

Eu queria mais é ficar rindo a noite toda daquela desgraça muito engraçada e merecida. Aliás, a filha da mãe, toda cheia de pedigree, olhou feio pra mim...

- É praga sua, seu psicopata ... É praga sua !
- Não dona, eu até que estou com dó da senhora. Jamais eu iria querer uma coisa dessa com uma pessoa como a senhora, tão...

Ela nem me deixou terminar de falar e saiu da mesa.

Acabou a festa. Todo mundo correndo pra socorrer Jackie.

O pedaço do dente caiu na mesa e no desespero de tentarem resolver, acabaram derrubando no chão. Jackie chorava alta, toda histérica, que dava gosto ver.... Ah se o tal do Fróidi estivesse ali naquele momento, talvez até dissesse pra moça:

- " Chora não, minha filha. Sua conduta é inaceitável e não tem explicação ! "

Oras, se o próprio Fróidi não explicava, quem é que iria explicar ?

Ligaram pra casa do dentista. O cara estava passando férias em Santos.

Ligaram pra outra dentista, ... mas ela também tinha saído com o namorado.

Ligaram pro Pronto Socorro... Não tinha nem médico e nem dentista de plantão. Tinha só uma "Parteira" que se ofereceu pra ajudar...

- Ai, o que é que eu vou fazer agora ? Até a Passagem do Ano todo mundo está viajando... Como é que eu vou poder sair na rua assim ? Como é que eu vou poder ir a qualquer lugar assim ?... Buáááááááááááa.................

Então, como eu sou um cavalheiro, apesar que não entendo nada de dentes, fui logo dando solução:

- Óia, moça. Chora não. A gente cola seu dente com Superbond que não vai ter problema não...
- Seu maluco, onde é que você aprendeu que Superbond serve pra colar dente ?
- Óia, dona. A porta de minha geladeira estava quebrada e eu colei com Superbond. E olha que porta de geladeira é de ferro, mais duro que um dentinho de sangue azul...
-Buáááááááaaaaaaaaaaa....

Gozação à parte, não é que acabaram aceitando a sugestão do Superbond ? Afinal, ali só tinha doutores de divãs e ninguém entendia nada de porta de geladeira quebrada. Mas,... pra minha sorte, não tinha Superbond senão eu ia colar a boca daquela “jararaca sangue azul” só pra ver ela chorando de boca fechada... hu..hu..hu..hu....

Bem, quer saber ? Eu vou é embora agora e deixar esses malucos aí se entenderem . E tomara que o tal de Fróidi nem apareça pra explicar e terapiar a banguela !

terça-feira, 19 de outubro de 2010

VIVENDO EM PAZ ... !





O Sol, a Praia, o Mar, o Céu tão azul e um lugar aprazível pra viver ! É o Éden, onde se pode viver em paz !

Um "Luau" - com canções divinas, embaladas por sentimentos de alegria e de paz... Todos felizes, confraternizando, brindando a única razão tão razoável de viver em paz:  "a Amizade", traduzida em verdadeira fraternidade onde relacionam-se em plena harmonia  entoando, em coro, lindas melodias reverenciando a vida tão bela, a natureza tão generosa e os corações tão livres e puros para amar !

Um "luau" realizado com as simples coisas que a natureza oferta: flores, frutos, as ondas serenas ou revoltas do mar, aproveitando o remanso para o repouso ou os momentos para surfar ! E sorrir, alegrar, cantar...

Ah, o Sol, o Mar, o Dia, a Noite ! Tantos poetas desde quando não se sabe reverenciam tudo que a natureza oferece para que se viva em alegria e paz ! A praia e o sol lembram muitas poesias, muitos romances, muitas histórias alegres de amor,... mas lembram o coração tão romântico de um napolitano, apaixonado, que um dia, com o coração repleto de amor cantou para a sua amada:  " O SOLE MIO ! "

" Che bella cosa na jurnata e sole,... n'aria serena, doppo na tempesta !
Pe'll'aria fresca pare gia' na festa, ... che bella cosa na jurnata ' e sole !
Ma n'atu sole cchiu`bello, oje ne', 'o sole mio, sta 'nfronte a te !
O sole, 'o sole mio, sta 'nfronte a te, sta 'nfronte a te "
Quanno fa notte e 'o sole se ne scenne, me vene quase 'na malincunia.
Sotto 'a fenesta toia restarria, quanno fa notte e 'o sole se ne scenne.

Ma n'atu sole cchiu`bello, oje ne', ó sole mio, sta 'nfronte a te !
O sole, 'o sole mio, sta 'nfornte a te, sta 'nfronte a te " "

Aquele Napolitano apaixonado, simples, apenas dizia a sua amada que a bela jornada do sol e um ar fresco após uma tempestade, já parecia uma festa pois sempre haverá um sol, cada vez mais lindo e sua jornada mais romântica pois brilha no olhar da amada e, até quando se faz a noite, parece que Ele, o Sol,  em intensa melancolia, deita-se sob a janela da linda mulher esperando o amanhecer para iniciar sua nova jornada e tornar tudo novamente em uma grande festa !

Durante a noite, um sarau, repleto de poesias, musicas e danças, em reverência à Lua, a esposa platonica do Sol, que espelha beleza de seu reflexo nas serenas águas do mar que trazem o frescôr da brisa que encanta, que a apaixona e embriaga os mais lindos sentimentos a todos que ali permanecem esperando o seu noivo, O Sol, novamente espreguiçar-se e dizer " Bom Dia, que todos tenham um bom dia !"

Vivendo em paz,... talvez possamos destinar nossos pensamentos a esse lugar tão calmo, tão belo e tão aprazível e amar tudo que há para se amar, sonhando acordados com aquela pessoa tão querida que nos faz sorrir e até chorar de alegria.

Que cada lágrima, enquanto se canta e emociona,  seja apenas a manifestação do puro sentimento do amor e da saudade tão bonita de quem a gente tanto ama !

O Sole mio,... diga a quem tanto amo que estou feliz, vivendo em paz ... porque aprendemos a cada instante, que os pequenos momentos que a vida nos reserva são tão preciosos que a nossa sensibilidade à flor da pele consegue perceber o quão bela é a vida e como é lindo Viver em Paz !


L'Ange du Soleil

Invite le soleil à l’intérieur de toi et tes pensées deviennent lumineuses, ton cœur devient chaleureux et aimant, ta volonté devient vivante, agissante dans la grande bonté. Agis ainsi et tu deviendras la maison du soleil, le Moi supérieur, le Divin réalisé sur la terre. Tu deviens un rayon de lumière et d’amour du soleil. La porte est ouverte pour vivre sur la terre en compagnie des Dieux. L’ange du soleil, la tête rayonnante, le corps en flammes descend sur toi et te bénit. Il te transmet la puissance de la lumière jusque dans la réalité concrète de ta vie.


Raul de Abreu
22 / 10 / 2010

UMA HISTÓRIA... !




Em 1970 eu tinha apenas 20 anos de idade, cheio de sonhos, planos, esperanças e o coração acelerado de paixão por uma linda garota com quem me casei dois anos depois.

Estávamos apaixonados e tudo que se relacionava a assuntos do coração nos interessava muito. Eis que surge o filme: " LOVE STORY " (1970) com os belos atores Ryan O´Neal e Ali MacGraw.

Uma história muito emocionante, alegre e triste. Mexeu com o coração de todos os jovens. Choramos, sorrimos e choramos.  

A vida nos mostra a cada dia que as emoções são fortes pois ora temos motivos de rir, gargalhar, correr, brincar, extrapolar... ora temos momentos de reflexão, recolhimento, sentimentos estranhos, tristeza, desesperança, lágrimas, saudades, arrependimentos...

É a dualidade que aprendemos  com a vida:  Há o momento bom e o momento que não é bom. Há o Bem e há o Mal,... a verdade e a mentira, o amor e a decepção !

Vivemos nos dizendo sempre:  " Ah !  Se eu tivesse naquele tempo o conhecimento e a experiência que tenho agora ! Meus pais sempre alertavam, mas nunca fui capaz de ouvir !"


Agimos conforme nossas percepções, estímulos, espírito de aventura, ... poucas vezes com ponderação seguindo os conselhos recebidos daqueles que tantas e tantas vezes trilharam por aqueles caminhos. Compulsão:   "Fazer agora e já e depois dá-se um jeito para resolver !"

Os jovens eram apaixonados e, como eu, casavam muito jovens sem conhecimentos sobre a vida de uma forma geral, ou mesmo sobre apenas a convivência a dois. E ia se descobrindo aos poucos que tudo aquilo que estava lá na mesa, na casa dos pais, agora tinha que ser batalhado pra se conseguir... Que aqueles beijos inocentes que eram dados naquele sofá da sala, longe de todo mundo, ... agora já não tinham mais tanto sabor pois compromissos outros atrapalhavam o romantismo,... aquele desejo louco de fazer amor,... agora, às vezes, apenas um "cumprimento de obrigação"... 


O tempo ia passando e as experiências ditas pelos mais velhos vinham "caindo" às mãos, como o "Maná" que, por certo pela bondade Divina, trazia o conforto e de volta as razões do amor que unia as pessoas.


Hoje gostaria de sair à rua e receber novamente o "Maná" pois sei que fiz muita coisa que não devia ter feito e, pior, perdi o que não podia ter perdido. Mas, agradeço e sou feliz pelo que de tão maravilhoso ainda tenho como uma uma flor, uma rosa numa cabana mágica em um jardim do Éden, verdadeiro Shangrilá !.


Vou hoje assistir novamente LOVE STORY e repor todas as energias no meu coração, lembrando e revivendo todos aqueles lindos e alegres momentos que fizeram com que a vida fosse tão deliciosa de se viver... e logo mais vou abrir a janela, deixar o Sol entrar, sentir o frescôr do vento desta manhã, estufar o peito e elevar meu pensamento em um grande agradecimento:


Obrigado Senhor por ter permitido que tantos momentos maravilhosos fizeram parte de minha vida e que eu possa levar a todos os cantos um pouco de alegria e paz pois, agora eu sei, a vida é UMA LINDA HISTÓRIA DE AMOR !


Raul de Abreu
19 / 10 2010

domingo, 17 de outubro de 2010

SHALOM ALEICHEM








O cântico, Shalom Aleichem, entoado no início do Shabat, está baseado numa passagem talmúdica, segundo a qual um anjo bom e um mau acompanham a seus lares todos que voltam da sinagoga sexta-feira à noite.


Se os anjos encontram a casa preparada para o Shabat, a mesa festivamente posta, com velas reluzentes, toda a família vestida em suas melhores roupas, o anjo bom diz: "Que o próximo Shabat seja como este" e o mau responde, mesmo contra sua vontade: "Amên, que assim seja: ... " Se, por outro lado, acontece o contrário, e a casa não está preparada para receber a Rainha Shabat, o anjo mau diz: "Que o próximo Shabat seja como este" e o anjo bom, infelizmente, é obrigado a dizer: "Amên".



O Shabat cresce em estatura como resultado do fato de Israel, a nação escolhida por Deus, ter sido designado como seu companheiro. Como conseqüencia deste "casamento" a própria santidade do Shabat torna-se maior e mais intensa. 

Shalom Aleichem !


O SHABAT

Apesar de ser o sétimo dia de todas as semanas (contados a partir do Domingo), e de existirem mais de 50 dias como esses todos os anos, o Shabat é um dia Sagrado e até mesmo um dos dias mais sagrados o Judaísmo. Na verdade, além do Dia da Expiação (YOM KIPPUR) o Shabat é o dia mais sagrado para os Judeus e é o único mencionado nos Dez Mandamentos.

A observância do Shabat tem sido fundamental para a experiência e existência do Povo Judeu, ao menos até as últimas gerações.

Um provérbio bem conhecido diz que:  " por mais que o Povo Judeu guarde o Shabat, o Shabat mantém o Povo Judeu !"

De acordo com a antiga tradição judaica, o Shabat tem uma clara conexão com a criação do Universo:  no Sétimo dia Deus descansou ( Shabat em hebraico) de seu trabalho de criaçao, portanto esse é um dia sagrado para os homens e eles também devem descansar de seu trabalho produtivo.

A idéia de Shabat - um dia santificado de descanso após a labuta, é uma das importantes contribuições do Judaísmo para a cultura mundial. É também a base para o conceito da semana como sendo uma unidade ciclica de tempo.

O Shabat Judaico serviu de modelo para a definição do Dia Sagrado para os Cristãos (Domingo) e para os Muçulmanos ( Sexta Feira).

No calendário Judaico, os dias são contados do pôr-do-so de um dia até o pôr-do-sol do dia seguinte. Entretanto o Shabat começa na Sexta Feira à noite, chamado de Erev Shabat e termina no sábado à noite chamado de Motsei Shabat.

A hora exata do início e do término do Shabat é determinada previamente e muda toda semana e de lugar para lugar.

Os costumes associados com o Shabat variam muito. Em primeiro lugar, é um dia de descanso em que toda atividade produtiva é proibida. De acordo com as Leis Judaicas, qualquer atividade ligado a fogo também é proibida e os Judeus Religiosos não ligam ou desligam a eletricidade durante o Shabat e não viajam.

Muitos outros Judeus, que definem a si próprios de tradicionais, mas que são moderadamente religiosos, também evitam viagens, uso de eletricidade ou quaquer outro tipo de atividade produtiva de forma parcial. Muitos deles também não atendem ao telefone no Shabat.

Para os Judeus Religiosos, o Shabat é um dia repleto de preces e eles passam muitas horas na Sinagoga. Parte do Serviço de Rezas do Shabat na Sinagoga é a leitura da Torá (os cinco primeiros livros da Bíblia - Gênesis, Exodus, Levítico, Números e Deuteronômio).

Ao longo do ano, uma parte da Torá é lida toda semana. Aliás, a divisão da Torá dividida em partes semanais é a divisão original antiga:  a divisão em capítulos veio mais tarde.

No decorrer do ano, Shabat após Shabat, a Torá inteira é lida. A conclusão da leitura da Torá pode ser feita em um dia que não necessariamente seja Shabat. No oitavo dia da festa de Sucót (chamado de Shmini Atseret) também é o dia do Júbilo com a Torá (Simchat Torá). Esse dia também marca o início de uma nova leitura da Torá.

Raul de Abreu
17 / 10 / 2010

sábado, 16 de outubro de 2010

JOGANDO BOLA DE GUDE





Ainda tinha 14 anos de idade e continuava jogando bola de gude (bolinha de vidro). Uma brincadeira ingênua, infantil, sem maldades. Fazíamos as "birocas"  (buracos) no chão batido ou mesmo em terreno pavimentado com tijolos. Era uma arte conseguir fazer aquelas birocas todas do mesmo tamanho, em formato de L, sendo três em linha reta com a distância de aproximadamente um metro cada uma e a última, em L, também a um metro da anterior.
bolinhas de gude

O jogo consistia em iniciar, todos os garotos, jogando suas bolas a partir de uma marca de uns dois metros de distância da primeira biroca. A bolinha que ficasse mais perto, iniciava o jogo. E o jogo consistia em ir "encaçapando" cada bolinha em cada próxima biroca (buraco).  Para ganhar uma vez, podia-se jogar a bolinha em alguma outra bolinha próxima e se isso fosse alcançado o garoto tinha o direito de avançar para a próxima biroca colocando-a simplesmente com  as mãos e assim sucessivamente.  Mas, chegando na última, teria que recomeçar, jogando a bolinha (com os dedos) na primeira biroca e tentar chegar pela segunda e ultima vez na ultima biroca.

Quem conseguisse chegar duas vezes, teria o direito de "matar" os adversários, jogando sua bolinha contra as dos outros e, caso tocasse nelas, teria o direito de retirá-las para si (ganhar a bolinha do adversário) e continuar até que não restasse nenhuma bolinha. Quem perdia, até chorava... ! Coisa de criança !

Claro, que todos também tinham o direito de jogar suas bolinhas contra a bolinha daquele jogador que estivesse mais próximo de outra biroca, atrapalhando e atrasando o jogo.

E isso ia o dia todo e todos os dias.  Com a idade de 14 anos, calça curta ou short, perna peluda, eu ainda não tinha pensado em ter uma namorada e nem sabia que um dia teria que trabalhar para ganhar o suficiente para comprar comida, pagar um aluguel, compras os materiais gerais como panelas, copos, pratos, etc,... e menos ainda sustentar uma familia se viesse a casar.  Pior de tudo:  ter dinheiro para pagar a entrada do cinema para a namorada, comprar a pipoca e depois ir até a sorveteria... E, pior ainda,... conseguir seguir adiante com a amada até o fim da vida...

Naquela noite, uns quarenta anos depois, comecei a me lembrar da biroca, da bola de gude... e percebi que estava em um salão de baile cheio de gente estranha dançando músicas estranhas do estilo sertanejo. Era uma  Comitiva fazendo evoluções... Eu tentava acompanhar com o corpo, mas não consegui fazer nada certo, mesmo que uma linda garota, com chapéu de cow-girl, estivesse sorrindo pra mim... como se fosse um convite...

Sentei-me à mesa onde havia um grupo de amigos. Uma mulher linda de cabelos aloirados, olhos azuis profundos... nunca vi nada igual, sorria... Não resisti e perguntei a minha amiga do lado:



- Essa sua amiga é linda ! Nunca a vi... Quem é ela, Doce ? (Doce era o apelido de minha amiga)
- Doce, como eu a tratava, sorriu e respondeu:  Ela não tem namorado...
- Mas, ... quem é ela ?
- Porque você não vai dançar com ela e descobre ?
- Sim, mas,...
- Trate-a de Bárbara,... mas esse não é o seu nome...

Fiquei tremendo de medo. Olhei aquela linda mulher, ... lembrei da bolinha de gude quando eu não perdia uma vez, estufei o peito e disse pra mim mesmo:

- É agora ou nunca ! Bárbara: Essa mulher vai ser a mulher da minha vida ! Vou dançar com ela !

Após insistentes convites e insistentes respostas negativas, a moça resolveu dançar comigo. Mas,alertou que seria só uma.... só uma !   Aceitei e fomos dançar... e dançamos uma, duas, três,... quase que o baile inteiro, até o momento que ela disse que já era tarde e tinha que ir embora.

Voltei à mesa de minha amiga Doce. Peguei um cigarro dela, e eu nem fumo. Fumei um, ... fumei dois,... fumei mais um ou mais dois... Acho que fumei um maço inteiro... E a bolinha de gude não saía da minha cabeça ! Pesadelo ? Paixão ? Explendor ? ... Que coisa que nunca tinha sentido antes... (risos) !

- Nossa ! Meu amigo, você fumando assim ? Está nervoso por que ? Gostou de minha amiga ?
- Sim, Doce. Fiquei apaixonado. Primeira vez na vida que isso me acontece !
- Ela também gostou de você. Outro dia, você nem lembra, em outro lugar, ela viu voce e me disse que você seria o namorado dela ... rs  Eu disse que você era dificil, que nunca tinha "dado bola" pra ninguém,... que era apenas um bom amigo de todos... mas ela insistiu e disse:  " Ele vai ser meu, tenho certeza. Ele vai ser meu !" Ele por acaso é "Gay" pra não ter se envolvido com ninguém ?
- Então eu respondi a ela que você era um Cavalheiro, um Bom Amigo, Respeitador, Gentil, Educado... mas que havia confessado que só iria se entregar para a mulher que um dia conseguisse mexer com o seu coração.  Ela então me disse " Doce, você pode apostar... Ele vai ser meu. Ele vai se apaixonar por mim !"
- Doce ? O que você está me falando ? E eu nem percebi essa mulher naquela noite... Estava tudo tão escuro naquele lugar... Claro que eu a vi quando você me apresentou, mas eu não percebi nada... E agora, que estranho, sinto que já fiquei apaixonado... Aí tem Macumba ! (risos). Como pode isso ? Essa mulher é mesmo aquela que você me apresentou aquela outra vez ? Como não percebi que era tão linda assim ?
- Pois é, meu amigo... Tem dia certo pra tudo ! Amanhã você liga pra ela... Ela disse que você vai ser dela...

Fiquei ali pensando no que Doce estava falando e, distraído, voltei ao jogo de bola de gude, lembrando os 40 anos atrás, sonhando acordado, ...olhei para Zequinha e disse em tom muito bravo:   (fiquei falando sozinho ali naquele salão...e acho que perceberam que fiquei "lelé da cuca!"):

-Zequinha: Você está roubando,... assim não vale ! Só porque eu estava aqui me lembrando daquela linda mulher que nunca mais vou esquecer, você se aproveitou e roubou !
- Não. Eu não roubei: você estava aí como um tonto fumando... e agora já perdeu !
- Não, Zequinha, eu não fumo e não perdi. Não sou de perder o que eu mais quero. Eu vou ganhar sim e você vai ver... vou jogar daqui de longe na última biroca,... eu sei que é minha ULTIMA CHANCE, mas eu vou vencer porque nasci para lutar pelo que eu mais quero e ninguém vai conseguir levar embora o tesouro que eu achei !
- Vamos jogar amigo,... vamos jogar... Pára de fumar e pensar ... Tenha paciência que a vida é assim mesmo, um dia você tem sorte e outro dia não. Mas se o que está escrito é que você irá vencer,... tenha paciência e trace seus planos tudo naturalmente que voce vencerá essa luta ! Porque você não vai lá na semana que vem ? Mas vai devagar... e vá outras vezes.. sempre devagar... ! É isso que está faltando na sua vida... d e v a g a r ..... d e v a g a r ... e páre de "divagar" !

Eu não pensava que jogar bola de gude fosse tão complicado assim. Estou lembrando do sorriso da Doce que me disse:   "calma,... ela disse que você vai ser dela ! Tenha calma... espere um pouco, dê um tempo e você vai acertar na última biroca e será campeão !"

Se a vida fosse assim tão fácil, tão ingênua como jogar bolinha de gude....

Bem,... vou arregaçar as mangas e colocar um short, vou cavar as birocas e começar tudo de novo ! Que São Miguel me ajude porque eu já perdi o jeito de como se joga esse jogo ! Estou sozinho,... mas daqui a pouco ela aparece aqui e vai me dizer ..." eu disse que você iria ser meu. E fique calmo que você vai ganhar !" !

- Doce, diga também para a Loira, aquela garotinha sua amiga que andava sempre com você, e era namorada daquele mocinho, que eu vou tentar reaprender a jogar bolinha de gude. Eu fiz o melhor que pude, ... pelo menos tentei fazer,... mas se eu não conseguir mais,... tudo bem !Logo logo a gente se encontra lá na casa do ELOHIM  e aproveita pra por as conversas em dia.... !

E mesmo que eu perca, prometo que se eu chorar (além do que já chorei) ... ninguém vai perceber !


SHALOM ALECHÊM, MAL’ACHÊ HASHARET, MAL’ACHÊ E-L-YON, MI’MÊLECH MALCHÊ HAMELACHIM, HA’CADOSH BARUCH HU. (Que a paz esteja convosco, anjos ministrantes, anjos do Altíssimo, do supremo Rei dos reis, o Santo, bendito seja Ele)


BOACHÊM LESHALOM, MAL’ACHÊ HASHALOM, MAL’ACHÊ E-L-YON, MI’MÊLECH MALCHÊ HAMELACHIM, HA’CADOSH BARUCH HU. (Bem-vindos, anjos da paz, anjos do Altíssimo, do supremo Rei dos reis, o Santo, bendito seja Ele)

BARECHÚNI LESHALOM, MAL’ACHÊ HASHALOM, MAL’ACHÊ E-L-YON, MI’MÊLECH MALCHÊ HAMELACHIM, HA’CADOSH BARUCH HU. (Abençoai-me com paz, anjos da paz, anjos do Altíssimo, do supremo Rei dos reis, o Santo, bendito seja Ele.)

TSETECHÊM LESHALOM, MAL’ACHÊ HASHALOM, MAL’ACHÊ E-L-YON, MI’MÊLECH MALCHÊ HAMELACHIM, HA’CADOSH BARUCH HU. (Que vossa partida seja em paz, anjos da paz, anjos do Altíssimo, do supremo Rei dos reis, o Santo, bendito seja Ele.)

KI MAL’ACHAV YETSAVÊ LACH, LISHMORCHÁ BECHOL DERACHÊCHA. A-DO-NAI YISHMOR TSETECHÁ UVOÊCHA, MEATÁ VEAD OLAM. (Pois Ele ordena Seus anjos para ti, para te proteger em todos teus caminhos. O Eterno guardará tua saída e tua vinda, desde agora e para todo o sempre.)


SHALOM !


LETRA DA MÚSICA TECO TECO

Teco, teco, teco, teco, teco
Na bola de gude era o meu viver

Quando criança no meio da garotada
Com a sacola do lado
 
Só jogava p’rá valer

Não fazia roupa de boneca nem tão pouco convivia
Com as garotas do meu bairro que era natural

Subia em postes, soltava papagaio
Até meus quatorze anos era esse meu mal

Com a mania de garota folgazã
Em toda parte que passava
 
Encontrava um fã

Quando havia festa na capela do lugar
Era a primeira a ser chamada para ir cantar

Assim vivendo eu vi meu nome ser falado
Em todo canto, em todo lado
Até com quem nunca me viu

E hoje a minha grande alegria
É cantar com cortesia
Para o povo do brasil



Raul de Abreu
16 / 10 / 2010

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

AFFONSO O PROFETA !

Se há ou havia alguma coisa mal resolvida, o caminho certo para as mlheres sempre é o Affonso ! Especialista em tudo, era o homem: desde genética até fisioterapia, passando por tratamentos vasodilatores, carros, carrões, músicas, poemas, poetas, e até coisas do amor !

Mas o que mais ele entendia era consertar corações das mulheres fragilizadas no amor !

Ah ! Coisas do Amor !  Affonso era o cara ! Todas as mulheres recorriam a ele:  fala mansa, polido, bem apanhado, postura sóbria, cheio de poesias, poemas, nomes de todos os pensadores...

O cara era o tipo do "bola ou bolim" . Não perdia uma. Jogava a maior "cascata em cima de todas" e era adorado por elas.

- Ah que homem ! Que sensibilidade ! Ele me devolveu a minha auto-estima, me fez sentir melhor, eu estava lá embaixo,... mas o Affonso sempre tem uma palavra certa na hora certa. E,... além da palavra certa... Hum... Que homem ! 

E para Affonso, não escapava uma. Todas ficavam apaixonadas por ele que, tão dócilmente dizia, com olhar de anjo:  " o que de graça recebemos, de graça temos que ofertar aos mais carentes !" . E lá ia ele consolar todas as carentes que o consultavam.

Mandava mensagens as mais lindas para todas. Colocava no distribuidor de seu computador e cada uma que recebia aquelas mensagens lindas, imaginava logo que era exclusivamente para ela. E não é que dava certo? Sua caixa postal estava cheia de respostas:

-   " Oi Affonso, preciso contar um probleminha pra você ! quando é que pode me atender ?"

E o malandro olhava sua agenda de compromissos, dia por dia e horário por horário, ... além dos compromissos com a patroa que pensava que o "coitado" vivia "dando um duro" danado pra sustentar a familia. 

Para os amigos, vizinhos, conhecidos, inimigos, desadimiradores.... Affonso não passava de um "garanhão O COMEDOR !" e ele seguia a risca... "ajoelhou tem que rezar " ! .

Não havia mulher, bonita ou feia, que procurasse o Profeta que não saisse de lá toda aliviada após tantos abraços e beijos e umas coisas e outras... Mas o cara, malandro, tinha uma prole e a patroa vivia reclamando:

- Affonso, voce está precisando tomar uns fortificantes porque já faz tempo que não está mais dando no coro aqui em casa. Tanto trabalho,...tanto trabalho, Affonso,... voce ainda vai morrer disso:  Só faz Caridade !

Mal sabia a coitada... que vivia o safado só "caçando" via internet, nos bailes vespertinos, nas ruas do centro da cidade,... e as incautas diziam:  "Affonso, só você pra aliviar as minhas dores do coração !" Vem cá meu  gatinho e me enche de energia que hoje eu "tô que tô !" E êle, caridoso como era, "penetrava" nos mais íntimos sentimentos das sofredoras e as "enchia" de energia !


Volte amanhã, querida, que ainda vamos resolver esse seu probleminha... mais uma vez... Ufa ! E esquece aquele safado... ele não te merece... Eu dou um jeito e você vai ser " Outra Mulher !".

O Homem certo, da palavra certa, em todas as horas certas ! Só havia um probleminha:  ele levantava o astral de todas, mas não ficava com nenhuma ... afinal... pensava ele:  "tenho que comer todas !".

Dizem que um dia um coitado de um judeu foi ter com Affonso. E reclamou tanto da vida, e ouviu tantas poesias que acabou se apaixonando por ele e... não deu outra... o judeu virou judia na horinha e Affonso, com aquela cara de Santo recitou:  " o que não faço por uma boa causa ? "Encheu" o judeuzinho de "energia" pensando numa loira ... e cobrou só uns milharezinhos de dollares do "mocinho" que também passou a ser frequentador assíduo ! Vai ter gás assim lá na Ponte do Pari !.

Bem,... nós que somos "HETEROS" assumidos, enquanto não tivermos recaídas, vamos orar pelo Affonso (pra ficar bem longe de nós ) porque se a moda pega.... Haja dollar para os homens mal amados que resolvam procurar o Affonso !

- Oi Affonsinho,... minha mulher me disse que você é um Santo Homem... Estou com um probleminha bem aqui na entradinha do coisinho... Será que você dá um jeitinho ? Mas vou avisando que sou pobre, só tenho R$ 200 reais ! (você já pensou se um machão de nome Paulão entra lá, leva um trato do Affonso e sai deslumbrado dizendo :  Ai,... agora eu sou a Paulinha !)

Mas,...como nada nesse mundo é eterno,... eis que aconteceu: (Graças a Deus !)

NOTÍCIA URGENTE:  AFFONSO, O PROFETA,  coitado, pregou e APOSENTOU !

O safado tomou tanto Viagra que o coração não aguentou. Filho do cão teve um AVC e agora não "levanta" mais ! Há uma fila enorme de viúvas na sua porta, com velas acesas implorando pra ele se recuperar.... Até o judeuzinho está na fila dizendo SHALOM ALEICHEM... SHALOM ALEICHEM ! Que David devolva a sua força e que volte a fazer o bem a todos !

Agora , AFFONSO, paradão paradão, virou pregador do Evangelho e de Pensamentos Auto-Ajuda, sentado numa cadeira de rodas e falando assim.... humhum...humhum...humhum... !

Não é porque estou na minha presença, mas posso garantir que recebi os poderes de bem encaminhar as mulheres bonitas, de corpo e alma e bolso, que se dispuserem a enfrentar terapias de recuperação no meu humilde bangalõ !

ATENÇÃO:   Abriu-se uma vaga....! Quem será que vai querer ser a primeira a passar por um tratamento sério da milenar terapia chineza com velas aromáticas, incensos e acessórios essenciais ? Garantimos pelo menos três orgasmos ou o seu dinheiro de volta !"

Raul de Abreu
16 / 10 / 2010

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

SAUDADE,... A DOR QUE DÓI MAIS !







LIGO meu computador toda manhã. Quase 7 horas da manhã, ... às vezes antes das 6 horas. E fico pensando: Ligo também o Celular à espera de uma mensagem ou uma chamada...

- Será que quem eu quero está online ? Eu queria tanto dizer "olá, como vai ? Tudo bem ?"

Na verdade, nem tenho assunto pra começar a conversar, mas sempre pergunto se "está tudo bem ?... Como está o tempo ? Faz Sol,... faz chuva , está quente,... está frio ?"

E a resposta sempre vem da mesma forma, sem jeito, tímida, com medo, receio, saudade ou raiva, sei lá...

- Tudo bem, e você ?
- Ah, tudo bem ! Novidades ?
- Não ! Você tem ?
- Também não ! Ah !... estou pensando em ir ...
- Um momento, fone !
- Ah, ok. Fique a vontade ... !
- Desculpe, tenho que sair... a gente se fala outra hora !
- Tudo bem ! Ciao ! bjs
- Ciao !

Vontade de dizer a verdade e dizer com todas as letras e em voz alta,... mas ninguém vai escutar. Talvez o vizinho aqui do lado pense:  "alguém está passando mal ali do lado,... que loucura ! Como gritam !"

Minha vontade era dizer :  " EU TE AMOOOOOOOOOOOOOOOOO ! QUERO VOCÊEEEEEEEEE !
.
Mas, minha vontade era mais que isso,... era ouvir do outro lado:  " Eu também te amo, está dificil viver sem você. Vem logo, estou te esperando,... vem que quero te amar tanto ... !

Mas,... nada disso acontece. É apenas um sonho, uma ilusão, uma fantasia... uma MENTIRA ! A única verdade que impera e sempre se manifesta é a SAUDADE !

A gente fica aqui pensando tantas coisas:
- Será que já tem outro alguém ?
- Será que não me ama mais de verdade ?
- Será que gosta de mim, mas tem receio de dizer ?
- Será que vai viajar ?
- Será que tem outro trabalho e é muito longe ?
- Será que o fone não funciona mais ?- 
- Será que ainda gosta de dançar comigo ?
- Será que se sente mal com minha presença naquele baile ?
- Será que novas amizades trazem mais prazer ? Nos abraços,... nos beijos,... na cama ?
- Será que já foi pra cama com outra pessoa ?
- Será que gostou mais do que gostava comigo ?
- Será que não gostava de fazer amor comigo ?
- Será que nunca percebeu que dei tanto amor e tanto carinho ?
- Será que nunca reconheceu que eu já estava lá quando me chamava ?
- Será que não lembra mais que eu fazia tanto carinho ?
- Será que está feliz sem mim ?
- Será que está feliz, porque já me trocou por outra pessoa ?
- Será que vou aguentar tudo isso ?
- Será que essa dor tem cura ?
- Será que vou conseguir esquecer ?
- Será que São Miguel me ajuda trazer de volta ou apagar de minha cabeça ?
- Será que tem SAUDADES DE MIM ?
- Será que tem SAUDADES DE MIM ?
- Mas,... se me diz que tem Saudades, que está dificil viver sem mim, se diz que me gosta muito, que gostaria de me ver, que tem carinho, que gosta de conversar, que gosta de minha companhia...
- Por quê será que só me deixa a SAUDADE que tanto me faz doer de SAUDADE ?

A SAUDADE é a dor que mais dói, porque a gente apenas se lembra daquilo que muito quis e amou e não pode mais ter de volta e fica se torturando a todo momento imaginando que um dia voltará a ser feliz e mandar a SAUDADE ir embora !

SAUDADE,... por favor vá embora e traga de volta o que me faz morrer de tanta SAUDADE !

Saudade,.. já disseram por aí,.. é isso que você enquanto lê aqui está se lembrando daquilo que já não tem e que gostaria que estivesse ao seu lado, abraçadinhos, felizes, beijando e sorrindo de nada, de qualquer coisa, com saudades apenas dos beijos e abraços que acabam de se dar um ao outro e recomeçam tudo de novo... pra nunca mais sentirem SAUDADE !
.
Ah ! Que SAUDADE !  Que vontade de estar novamente com você e fazer tudo aquilo de novo,... fazer um amor FENOMENAL eu ouvir voce urrando de prazer > "ui...ui..ui..ui..ui... " e eu me sentindo o máximo por ter porporcionado esse sentimento tão raro mas que se consegue quando há amor, dedicação e muito carinho.  Que saudade de olhar o seu rosto e seu corpo nu, ali naquela cama, e começar a acariá-lo todo, relaxando em uma suave massagem enquanto seu sorriso tão angelical esboça o prazer de ter recebido tanto amor e tanta atenção.  Que SAUDADE quando você me dizia AMOR, ESTOU COM SAUDADE !

Então, se tem tanta SAUDADE, liga agora e me diz com tanto carinho " OI AMOR ESTOU COM SAUDADE E QUERO VOCE DE NOVO PRA MIM !".

SAUDADE .... SAUDADE.. SAUDADE !

Raul de Abreu Neto
10/ 10 / 2010