domingo, 10 de abril de 2011

DEPOIS DO CARNAVAL,.... VEM O BACALHAU !

O MUNDO VIVE EM FESTA, SEMPRE VIVEU EM FESTA E SEMPRE VIVERÁ EM FESTA,....(mesmo que para isso, faça a guerra) !


Cada um diz que o “seu tempero é melhor” ! E não há provas em contrário pois, ou se faz um acordo ou... mais um pro cemitério !

A PÁSCOA JUDAICA:


... Lá por volta dos anos 600 A.C., Ramsés I, o Faraó do Egito, reinava tranquilamente, sendo banhado por suas lindas e viçosas esposas, amantes e admiradoras, - todas maravilhosamente nuas, quando ouviu tocarem as trombetas:

- Milorde, um tal escravo hebreu chamado Moisés, tá fazendo aí fora o maior alvoroço e até o sindicato veio com o seu caminhão de som reclamar dos baixos salários, bradando em alto e bom som: “ escravos unidos, jamais serão vencidos !” . O que faço, Milorde ?
- Ò seu lacaio, ... pôrra meu ! Justo agora que eu tava aqui no maior bacanal, na hora de “virar os zóio”, voce vem me aporrinhar? Sai pra lá jacaré ! Manda logo o Coronel lá do canal de Suez trazer o caminhão tanque de coleta de esgoto e solta merda em cima deles !

E lá foi o eunuco correndo cumprir suas ordens.

O Companheiro Moisés, vendo que ia entrar numa gelada, e mal cheirosa “kentinha” pegou o microfone e gritou:

- E aí, galera ! Sujou ! Corre pra água que aí vem merda ! (e secretamente pensou: " aí, brimo turquinho, ... eu ainda te pégo lá pelos meados do século 20 D.C. " !).

Saíram todos correndo e nem tiveram tempo de pegar a marmita. E, seguindo o companheiro chefão, foram cantando:

... “ caminhando e cantando e seguindo o patrão, vamos nós outra vez tomar no bundão ... !”

Moisés então, chegando lá na praia, na frente daquele mundão de águas, olhou pra trás e viu que a “pulissa” tava toda preparada com tanques, canhões, metralhadoras russas, helicópteros americanos, um montão de Rotweillers esfomeados, maníacos, tarados e Skin-heads ! Até a CNN dava cobertura “Ao Vivo” aos “mortos de fome em fuga” ! (foi por isso que anos depois fizeram o filme: ” Noiva em fuga ! ”.

- É nóis na fita, pessoal ! Pula n´água que o bicho vai comer !

De repente, o mar que estava vermelho de raiva e que não estava nadinha pra peixe, fez a maré baixa aparecer mais cedo, dando passagem enquanto a galera do cumpadi Moshe ia atravessando.

Suddenly (pra não repetir "de repente"), por mais incrível que pareça, David Copperfield, o mágico judeu, apareceu e fez a maré alta só voltar onde eles já haviam acabado de passar, enchendo logo de água e trazendo um montão de piranhas flageladas que abocanharam logo a turminha da Swat que o Faraó tinha mandado... E foi por isso que o lugar ficou sendo conhecido como Mar Vermelho !

Ufa ! Escaparam mais dessa !

Então,... sentados à beira do caminho, depois de uma longa jornada a pé, sem nem uma cervejinha gelada pra refrescar, chegaram num lugar cheio de montanhas e foram logo pra sombra da montanha de nome Judá, onde descansaram e ficaram vários dias,... Aí, apareceu um gaiato que começou a chamá-los de filhos de judá e mais tarde, simplesmente judeus.

Bem, pra matar a fome, o companheiro Moisés mandou fazer uma tremenda festa, dando o nome de PESSACH, ou seja a Passagem, comemorando assim o fato de terem escapado da gang do Brother Ramsés.




Aí então, apareceu o intelectual J.J., um rapazinho estudante de filosofia da USP e pós-graduação em Sociologia da PUC, membro ortodoxo do PT dizendo:

- Aaiiiiii Cumpanheiros !: ... Mas já inventaram a Páscoa ! Os operários agrícolas fazem da gang “pashá” pra comemorar a produtividade pastoril e nós estamos aqui por uma questão ideológica e religiosa ! E ainda tem uns cumpanheiro Chineses que já inventaram essa festa e até dão ovos pra galera ! Uiuiui... me abanem !
- Cumpanheiro J.J., ... não me enche o saco! Vamos comer que eu tô com fome ! A partir de hoje, vamos incluir no nosso calendário a PÁSCOA JUDAICA ! E não se fala mais nisso... pô !

J. J., ficou p. Da vida, pegou seu fusca 1965, foi até a sombra de uma jaqueira, pegou o celular e ligou para um tal coleguinha de nome Baco:

- Olhaí, sua gibóia desengonçada,... ! To mudando de partido ! O cumpanheiro Moshe não é mais aquele e eu to a fim de pular fora desse trem ! Vou fundar outro partido,... talvez o PSOL, o PT GLS, ou PT que pariu mesmo !. O que você acha, princesa ?
- Olhaí, cumpanheiro, sua boneca desvairada,... Tâmus aqui no maior Bacanal. Já invadimos o Coliseu e vamos fazer uma assembléia pra decidir a ocupação duns "apê" duns bacanas da oposição que foram passear em Miami. E o churrasco tá rolando, com carne de leão e galinhas pretas de macumba !

E não deu outra: J.J. encheu o fusca da cumpanherada do MST e lá se mandou pra "Velha Bota".

BACO - O DEUS DO VINHO:


fig 1. Baco, de Da Vinci      fig.2  Baco, de Caravaggio      Fig 3. Baco com Ariadne, de A. Carracci

BACO, um sujeitinho muito cheio de “não me toques não me reles”, era filho dum bem sucedido empresário Grego, de nome JÚPITER que era todo de nariz empinado e até se achava um Deus, além de constar no livro da fortuna de Forbes (sacana fazia parte dos 40 do mensalão e aplicava em fundos das Ilhas Paraíso Fiscal) !.

Baco era um camarada que vivia passeando muito pra lá e pra cá e gostava de tomar umas e outras com sua galera. Nessa época, na Grécia seu nome era Dionísio.

Um certo dia, todo cheio de salamaleques pra se exibir às moçoilas gregas que banhavam-se em trajes sumários na cachoeira, começou a amassar umas uvas e acabou inventando uma bebida muito excitante que mais tarde passou a chamar-se vinho. Devido a isso, de simples mortal e profano, passou a ser conhecido por todos como Baco – O Deus do Vinho.

Hoje em dia tá cheio de Deuses por aí: Zelão - o Deus do Mocotó;... Xiboca - o Deus do jabá;... Fininho - O Deus da macacheira; ... Zéca Mineirinho - o Deus da Ricota; ... e até tem Deus Japonês: Tanaka - o Deus do Yakissoba !... até eu que estou escrevendo isso aqui já virei Deus... Tem gente que quando lê, me diz logo: Meus Deus ! Mas que mérda você escreveu ! Virei Deus da Mérda !

Mas, voltando ao principal...

Bem, esse sujeitinho, Baco, teve uns probleminhas com sua galera na Grécia, por causa das festinhas que vivia patrocinando com a bebida e porque, dizem, andou furunfando com a irmã dum cara muito bravo, tipo "pitbull", lutador de jiu-jitsu e chefão da Gang "Dragões da Rocinha".

Com medo de tomar uns “pé d´oreia”, ele se mandou pra Roma onde mudou definitivamente seu nome Dionísio para Baco, a fim da INTERPOL não descobrir o seu paradeiro.

Não deu outra, lá na terra dos bacanas romanos, o cara deitou e rolou ! Nessa época, lá na sua terra natal – a Grécia, já faziam homenagem a Dionisio (Baco) através de festa aos primeiros raios de sol da primavera, acompanhado de um séquito de sátiros e ninfas, sendo saudado pelos fiéis com música, danças, algazarras, vinhos, sexo e também violência.

Os Romanos não deixaram por menos e assim surgiram as bacantes, sacerdotisas que celebravam os mistérios do culto a Dioniso, nesse tempo mais conhecido como Baco, promovendo festas, em sua homenagem, chamadas – BACANAIS.

Bacanais - de William A. Bouguereau

Tais festas eram secretas e frequentadas somente por mulheres durante três dias no ano. Mas, ... então... já que “ PÃO SEM MANTEIGA” não tem graça, ... os homens foram admitidos nos rituais e as comemorações aconteciam cinco vezes por mês. Ao invadirem as ruas de Roma, dançando, soltando gritos estridentes e atraindo adeptos do sexo oposto em número crescente, os bacanais causaram tais desordens e escândalos, ... “parecidamente” com o CARNAVAL brasileiro !

... e chega de Baco !

J.J., o sujeitinho do celular que ligou pra Baco, depois de participar dos bacanais em Roma, jogou fora seu livrinho "O Capital", pegou seu fusca, amigou-se com um Loirão Holandês, de nome Van Der... e foi morar em Ibisa ! ... Hoje ele é Samba Enredo de uma escola de Samba: " A Doida que veio do PT ".

O CARNAVAL

Vamos tentar explicar mas não é pra entender (ou é ?)

Carnaval Rio de Janeiro - 2009

O Carnaval, essa festa que arrebata multidões para as ruas, promove desfiles suntuosos, comilança, “bebunzança”,... excessos em geral, liberalidade sexual etc. (lá vem BACO de novo...) !

Mas, de acordo com a etimologia da palavra, carnaval tem origem milanesa, “carne vale” que significa "adeus à carne" ou “afastamento da carne” !. (bah...!). Coisa da Igreja Católica lá do século XI... para “preparar” os fiéis ao longo jejum de 40 dias sem “os prazeres da carne” , jejum esse chamado Quaresma que tem inicio na Quarta-feira de Cinzas.

Nesse período de Quaresma, já que deve haver o afastamento da carne, lembremos que um dos simbolos do cristianismo é o “peixe” ! Olha o Bacalhau chegando aí,... Genteeee !!!


PÁSCOA CRISTÃ

Representa a ressurreição de Cristo, de acordo com o decreto do papa Gregório XIII, de 1582, seguindo o primeiro concílio de Nicéia de 325 d.C., convocado pelo imperador romano Constantino.

Nesse período, os cristãos, alimentam-se de acordo com o decreto, abstendo-se da carne, mas... as churrascarias (rodizio de carnes) ficavam repletas... Comem muita carne bovina, suina, aves, vinho, cachaça, cerveja,... e até tem peixe também ! (menos o bacalhau, é claro $$$$$).



DIA DA PÁSCOA

É o primeiro domingo depois da Lua Cheia que ocorre no inicio da Primavera (Europa), data fixada para o equinócio de primavera no hemisfério norte. Entretanto, a data da Lua Cheia não é a real, mas a definida nas Tabelas Eclesiásticas, que, sem levar totalmente em conta o movimento complexo da Lua, podia ser calculada facilmente, e está próxima da lua real.

De acordo com essas regras, a Páscoa nunca acontece antes de 22 de março nem depois de 25 de abril. A Quarta-Feira de Cinzas ocorre 46 dias antes da Páscoa e, portanto, a Terça-Feira de carnaval ocorre 47 dias antes da Páscoa.

TESTE DE CONHECIMENTOS:

1. DATA DO NATAL:
- Se você sabe que o Natal (data de nascimento de Jesus) atualmente é sempre em 25 de Dezembro, já considerados os calendários existentes tais como o gregoriano, o judaico, o chinês, etc (apesar que em Roma, em 336 D.C. comemorava-se em 07 de janeiro), ...

pergunta-se:

2. DATA DA PÁSCOA:
- Se existe uma data fixa para o natal, e todo ano a Páscoa tem data diferente, apesar de ser referencia à data e ressureição de Cristo, ... vc saberia me dizer em que dia, mês e ano Jesus morreu (já que em todos os anos essa data é comemorada em dias diferentes) ?

O BACALHAU

- Está lá ? Ó gajo ?... aqui é Manueuli, directamente de Portugal ! Eu gostaria de falar com o Erik, filho de Thor, para ajustarmos um carregamento de peixitos já salgados, temperados e embalsamados porque vamos levar para uma viagem a uma terrinha – chamada Brasil, que pretendemos descobriiire a caminho da India (ou será das indias ?).
- Ó Manueuli, tu tá de sacanagem comigo, ó pá ! To sabendo que tu vai é pegar um carnavalzito lá na Bahia, só pra dançar a dança da garrafa,...
- Ó pá, ! Anda logo aí que meu celular está a acabaire a bateria... E desse jeito vamos lá chegaire só na Páscoa...
- Pois, Manueuli, nosso carregamento de "vacalhau" já foi surrupiado pelo navegadoire Bonaparte em conluio com o galego de alcunha Franco, ... “se hai govierno jo soy contra!”
- Ai Jisuis, e agora como é que vamos convencer aquelas indias e mulatas a entrarem no samba ?
- Olha aqui, ó murruga, temos uns peixitos importados do Paraguay - “made in China” que são quase um bacalhau primeira linha. Para bolinhos temos segunda linha também.... Tudo “made in China” e baratinho !
- Mariaaaaaaaaaaaaaa ! Está cheirando vacalhau !
- Ai, Manueuli ... ! Vais me usaire esta noite ? Se não foires,... vou só lavaire os pé !

Os chineses, milhares de anos atrás, inventaram a festa da fertilidade e doavam ovos aos participantes;

Os judeus, durante a Páscoa Judaica, de cunho religioso, usavam o cordeiro e o pão ázimo;

Os portugueses, a caminho das indias do Brasil trouxeram o Bacalhau e, logo quando aportaram nessa terrinha cá d´outro lado além-mar, em plena Páscoa, em frente a um monte cujo nome batizaram de Pascoal,... fizeram o primeiro carnaval, regado a vinho do Porto, Bacalhau, mulatas e muita india pra contar história. (dizem que gostaram mais foi do pau brasil de um índio chamado Anhanguera !)

... QUE BACANAL !!!

- Ó Seu Cabral duma figa ! Tu viestes lá da Sinagoga de Coimbra cá , ... pra fazer tua passagem além-mar, como também o fez o cumpanheiro lá no mar vermelho... só pra negociar O FIEL AMIGO (bacalhau) a “preço baratinho... baratinho”... Mas agora o preço do Bacalhau está pela hora da morte !

Querem saber ? Eu vou mesmo é comprar um franguinho que está a preço de banana e fazer um escondidinho com batatas, pra comer com arroz, feijão, tomate, alface, farinha de mandioca e tomar suco Artificial de uva,... vendo programa de culinária na TV com o titulo: “ O BACALHAU NOSSO DE CADA DIA  ! ”


-    o    -


Raul de Abreu
30/12/2009

Nenhum comentário:

Postar um comentário