domingo, 4 de julho de 2010

SONHANDO ACORDADO !




Algumas vezes ficamos pensativos e "viajamos" para lugares nunca conhecidos, dando tons mais diversos e imagens mais espetaculares.

Fantasiamos !

Formamos tudo, sonhando acordados, de acordo com nosso momento e desejo de estar lá, seja onde for,
daquele especial jeito que tanto toca os nossos sentimentos !

Passei o dia pensativo, ao som de músicas, andando por aí !...

Ouvi a canção "minha pequena Eva" com a Banda Rádio Táxi. Ouvi novamente,... mais uma vez,... outras vezes... Lindo !


...E voando bem alto
...Me abraça pelo espaço de um instante
...Me encobre com teu corpo e me dá
...A força pra viver !


Dei "asas à imaginação" e também iniciei uma "viagem pelo espaço, voando bem alto" à procura de alguma coisa que pudesse satisfazer aquela vontade estranha do momento, ... nem sei bem o que, mas talvez sim a ansiedade, a carência, que por vezes surgem, quem sabe, de apenas "nos encontrarmos" !.

O dia caminhou vagarosamente, bucólico, embora lá fora um lindo dia de sol, céu aberto e de um azul majestoso !

Vontade de ligar para alguém, qualquer pessoa que pudesse aquecer aquele friozinho que invadia a alma e não deixava o minúsculo esboço de um sorriso !

De repente o telefone tocou:

- Alô ! É de casa de Teresa ?
- Não !
- Ah ! Desculpe. Eu só queria falar sobre o baile...
- Baile ?
- Sim ! Hoje vai ter o baile,... em continuidade aos festejos de aniversário da cidade...
- Baile ? Onde ? Quem ? ...
- Ah ! Você está interessado ?
- Bem,...
- Vai ser no Clube dos Oficiais... com a Banda Sinal Vermelho.
- Sinal Vermelho ?
- Sim, é a banda do meu pai... Você não conhece ? Vai lá nos prestigiar...
- Hum... boa idéia. Acho que foi um engano em boa hora ! Eu vou sim !

A gente vive sonhando acordado !

E naquele instante eu estava mesmo pensando o que poderia fazer para mudar aquele astral que estava me deixando tão deprimido ! Que bom: um baile ! Não conheço ninguém, não sei quem convidar, não sei nada... Mas eu vou !

A noite chegou ! Aflito sem saber o que vestir, ... talvez um terno,... mas quem sabe um esporte com blazer. Isso, um blazer estará bom... se for social, mas parece que não, volto e me trajo conforme necessário !

O Clube estava lotado ! Poucas mesas vagas. Na entrada, um casal de jovens, sorridentes, em uma mesa recepcionando os convidados:

- O Senhor tem convite ?
- Não ! Alguém ligou em casa por engano hoje cedo... Eu não sabia que precisava de convites !
- Ah,... então foi o senhor ? Fui eu quem ligou !
- Então era você ?
- Sim,... a banda é do meu pai ! É aquele do contrabaixo... Seja bem vindo,... o senhor vai gostar !

Olhei aquele salão, à meia-luz, e não consegui perceber qualquer pessoa que eu pudesse conhecer. A Banda tocava toda animada e em uma harmonia impressionante. Decidi ficar. O ambiente parecia muito alegre, descontraído, familiar, saudável.... Era tudo o que eu queria naquele dia (à noite):  "Um lugar ao Sol "!

E a Banda tocava docemente, parecendo que até sabiam como eu estava me sentindo:



Quanta alegria ! Casais dançando felizes, outras pessoas em pé também, levantando os braços e agitandos as mãos,... nas mesas as pessoas sorrindo,... Havia só alegria no ar e uma energia contagiante que serenamente convidavam a participar. Era o que eu queria ! Não consigo nem explicar ! Emoção, sorrisos e lágrimas de felicidade. Que delícia estar ali naqule instante !

A própria música já dizia que " Havia um clima diferente,...que não era só a canção,... mas sentia-se algo diferente,... que a tudo então mudava,... alegria e amor se renovando,... como o vento,... pois nada somos senão somente movidos pelo amor ! "

Ando sonhando acordado, como sempre sonhei ! A beleza dessa vida está na magia dos momentos que nos levam, como o vento às folhas, para os lugares tão maravilhosos onde podemos entender que para sermos felizes, basta apenas amar !

Um comentário:

  1. É que a singularidade de um momento iluminado pode estar entre o presente e o passado. O passado é um fio, você puxa e ele vem à tona, e então, se mescla ao presente nesse doce transe onde tudo se encontra e desencontra-se... Maravilhoso! O passado é uma memória, o presente é apenas um estado, um lugar e o futuro nãoi é mais do que um sonho... Tudo isso não passa de um desejo...

    ResponderExcluir